16:31 21 Agosto 2018
Ouvir Rádio
    Plenário do STF analisa processos sobre impeachment da presidenta Dilma Rousseff

    STF convoca audiência pública para ouvir opiniões sobre descriminalização do aborto

    Antonio Cruz/ Agência Brasil
    Brasil
    URL curta
    3 0 0

    A ministra do Supremo Tribunal Federal (STF) Rosa Weber convocou uma audiência pública nesta segunda-feira (26) para discutir a descriminalização do aborto. Os debates servem para auxiliar a ministra a elaborar seu voto sobre o tema. Ainda não há data para o julgamento.

    Para se inscrever nas audiências é necessário mandar um e-mail até o dia 25 de abril para o endereço adpf442@stf.jus.br. De acordo com a decisão da ministra, a seleção dos participantes levará em conta a especialização técnica sobre o tema, representatividade do palestrante e garantia de pluralidade de argumentos.

    Rosa Weber é relatora de uma ação protocolada no ano passado, na qual o PSOL questiona a constitucionalidade de artigos do Código Penal que preveem pena de prisão para mulheres que cometem aborto nos casos não autorizados por lei, como estupro, fetos anencefálicos ou para salvar a vida da gestante. As informações são da Agência Brasil.

    Em 2016, por maioria de votos, a Primeira Turma do STF decidiu descriminalizar o aborto no primeiro trimestre da gravidez. Seguindo voto do ministro Luís Roberto Barroso, o colegiado entendeu que são inconstitucionais os artigos do Código Penal que criminalizam o aborto. O entendimento, no entanto, valeu apenas para um caso concreto julgado pelo grupo.

    Mais:

    Prédio do STF é interditado após princípio de incêndio
    Anulação da intervenção no Rio vai ao plenário do STF
    Após bate-boca com Gilmar Mendes no STF, Barroso pede desculpa aos colegas
    STF aceita denúncia contra Romero Jucá em processo ligado à Odebrecht
    Procuradora-geral afirma ao STF que Battisti pode ser extraditado para a Itália
    Tags:
    aborto, Supremo Tribunal Federal (STF)
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik