11:42 20 Abril 2018
Ouvir Rádio
    O presidente da República, Michel Temer, faz pronunciamento oficial no Palácio do Planalto em 19 de maio de 2017

    Em entrevista, Temer assume disputar reeleição: 'Seria covardia não ser candidato'

    © Foto: Agência Brasil
    Brasil
    URL curta
    912

    O presidente Michel Temer disse que pretende concorrer a um novo mandato nas eleições de outubro deste ano.

    "Acho que seria uma covardia não ser candidato. Porque, afinal, se eu tivesse feito um governo destrutivo para o País eu mesmo refletiria que não dá para continuar. Mas, pelo contrário, eu recuperei um País que estava quebrado. Literalmente quebrado. Eu me orgulho do que fiz. E eu preciso mostrar o que está sendo feito", disse Temer rem entrevista à revista IstoÉ.

    A definição de Temer coloca ainda mais incertezas na disputa eleitoral para o cargo de presidente da República. O presidente acredita que a recuperação da economia e o projeto de intervenção federal no Rio de Janeiro possam ajudar seu desempenho no pleito.

    Temer nunca havia assumido que pretendia disputar a reeleição. Quando assumiu o cargo após o impeachment da ex-presidente Dilma Rousseff, Temer disse que ficaria no poder até o final de 2018.

    Mais:

    Boulos ataca Bolsonaro e promete plebiscito ao ser confirmado pelo PSOL à Presidência
    Lula e Bolsonaro protagonizam mais uma pesquisa eleitoral
    Julgamento do habeas corpus de Lula é adiado; ele não pode ser preso até 4 de abril
    Cármen Lúcia marca julgamento de habeas corpus de Lula para amanhã
    Tags:
    Michel Temer
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik