18:03 25 Setembro 2018
Ouvir Rádio
    Temer é convidado de Trump para jantar em Washigton que vai discutir crise na Venezuela

    Brasil pode ir à OMC contra aumentos de taxas de importação dos EUA, diz Temer

    Beto Barata/PR/Agência Brasil
    Brasil
    URL curta
    320

    O presidente Michel Temer disse nesta quarta-feira (14) que pretende entrar com uma representação na Organização Mundial do Comércio (OMC) contra o aumento das taxas de importação de alumínio e aço anunciado pelo presidente dos Estados Unidos, Donald Trump.

    "Se não houver uma solução, digamos assim amigável, muito rápida, vamos formular uma representação à Organização Mundial do Comércio, mas não unilateralmente, não apenas o Brasil, mas com todos os países que tiveram prejuízo em função dessa medida tomada. Naturalmente, essa conjugação coletiva dos países dará mais força a essa representação", afirmou.

    Temer participou do Fórum Econômico Mundial para a América Latina, que ocorre em São Paulo até amanhã. Ele também disse que deve telefonar para a Casa Branca para tratar do assunto.

    Na última quinta-feira (8), o presidente norte-americano Donald Trump anunciou a elevação para 25% da tarifa de importação de aço e 10% para o alumínio.

    A taxação afeta diretamente as exportações brasileiras que tem os Estados Unidos como um dos principais parceiros comerciais.

     

    Mais:

    Pequim: guerra comercial com Washington 'traria desastre para todo o mundo'
    China 'tomará medidas' em caso de guerra comercial com os EUA, diz chanceler
    Guerra comercial: Trump cogita isentar alguns países de suas tarifas de aço e alumínio
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik