08:20 25 Maio 2018
Ouvir Rádio
    Empresário Wesley Batista.

    Wesley Batista é hostilizado em churrascaria em SP

    © Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil Fotos Públicas
    Brasil
    URL curta
    741

    O empresário Wesley Batista, da JBS, foi alvo de protesto em uma churrascaria no bairro do Itaim Bibi, Zona Oeste de São Paulo, neste domingo (11).

    Ele foi reconhecido por alguns frequentadores e chamado de "ladrão". Alguns dos presentes o confundiram com seu irmão, o também empresário Joesley Batista. Houve gritos de "Fora, Joesley" e "Vai embora, vagabundo!". Com o clima hostil, o empresário precisou ser escoltado por policiais militares.

    Vídeos nas redes sociais mostram o momento:

    Wesley Batista foi preso em setembro de 2017 na Operação Tendão de Aquiles por supostamente usar informações privilegiadas para manipular e lucrar no mercado financeiro. O empresário teve sua soltura determinada pelo Superior Tribunal de Justiça (STJ) em 20 de fevereiro.

    Já Joesley Batista gravou o presidente Michel Temer (MDB) em conversa na garagem do Palácio do Jaburu e foi solto na sexta-feira (9). Os dois assinaram delação premiada com a Procuradoria-Geral da República (PGR), que posteriormente rescindiu os acordos.

    Mais:

    Sem panetone: irmãos da JBS não receberam comida de Natal na prisão
    Cunha: 'Compra do meu silêncio pela JBS foi forjada para derrubar Temer'
    Planilha mostra R$ 1 milhão que teria sido pago pela JBS a Temer, diz revista
    CPMI da JBS: investigação ou tentativa de estancar a sangria?
    STF libera novos áudios da JBS e Cármen Lúcia fala em 'ataque ao Supremo' (VÍDEOS)
    'Quero os nomes', diz ministro do Supremo sobre possíveis fraudes na delação da JBS
    Tags:
    JBS, Wesley Batista
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik