19:51 22 Outubro 2018
Ouvir Rádio
    Possível motel de presos da Lava Jato.

    MP investiga 'motel' em cadeia da Lava Jato no Rio

    © Foto : Ministério Público
    Brasil
    URL curta
    1 0 0

    A procuradoria-geral de Justiça do Rio de Janeiro investiga se os presos da Cadeia Pública José Frederico Marques, em Benfica, na zona norte da capital fluminense, utilizaram as seis suítes para visita íntima do local sem permissão judicial. O local abriga os presos da Lava Jato no Rio.

    As suítes do local atendem a 27 presos com autorização judicial, sendo que dois deles são da Lava Jato, mas eles não tiveram seus nomes divulgados. 

    O "motel" improvisado tem piso em porcelanato, banheiro com carpete e televisão. 

    O Ministério Público do Rio de Janeiro recebeu denúncia anônima de que "presos e não presos" tinham acesso ao local. Também está sendo investigada se prostitutas entraram na cadeia.

    O secretário estadual de Administração Penitenciária, David Anthony, afirmou ao UOL que a decoração e os objetos do local "não são normais em outras unidades".

    Estão na cadeia de Benfica presos como o presidente afastado da Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro Jorge Picciani (MDB) e Hudson Braga, ex-secretário de obras do Estado.

    O ex-governador Sérgio Cabral (MDB) também estava detido no local, mas foi transferido para Curitiba após o MP encontrar bacalhau, camarão e queijo de cabra em tonel com seu nome. O emedebista também tinha uma sala de cinema improvisada. 

    Mais:

    Relator da Lava Jato no STJ vota contra pedido de liberdade preventiva de Lula
    Fachin inclui Temer em inquérito da Odebrecht na Lava Jato
    Presidente da Fecomércio-RJ é preso pela PF em desdobramento da Operação Lava Jato
    Polícia Federal declara 1ª Operação Lava Jato em 2018
    Protagonista na Lava Jato, refinaria de Pasadena (EUA) será vendida pela Petrobras
    Juiz da Lava Jato ironiza ganho de auxílio-moradia e vira alvo nas redes sociais
    'Ninguém pode dizer quando a Lava Jato estará concluída', diz líder de delegados da PF
    Tags:
    Lava Jato, Sérgio Cabral, Jorge Picciani
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik