05:33 15 Dezembro 2018
Ouvir Rádio
    Henrique Meirelles concede primeira entrevista coletiva como ministro da Fazenda

    'Alto demais?': Banco Mundial critica salário mínimo brasileiro

    Marcelo Camargo/Agência Brasil
    Brasil
    URL curta
    30321

    Banco Mundial critica valor do salário mínimo no Brasil e afirma que a alta, mesmo na recessão, estimula a criação de empregos informais.

    As informações foram divulgadas nesta quarta-feira (7). Além de criticar a fórmula atual, o Banco Mundial aconselha que o Brasil um esquema que considere indicadores de produtividade do trabalhador.

    Segundo o texto do relatório "Emprego e Crescimento — A Agenda da Produtividade", leis trabalhistas e o alto e crescente salário mínimo, segundo o Banco, limitam as oportunidades de trabalho.

    Apesar de citar que houve aumento do emprego formal durante anos de forma paralela ao crecimento do rendimento mínimo, para a instituição, patamares salariais obrigatórios, sugerem a substituição da força de trabalho por automação de forma mais rápida.

    A sugestão de produtividade dependeria do número de itens fabricados dividido pelo número de pessoas empregadas. A logística, no entanto, seria um empecilho para que esse tipo de dado fosse acessado e produzido.

    Mais:

    Eleições 2018: ódio e descrédito na democracia brasileira
    Doria quer ser governador para se lançar à Presidência do Brasil, diz ex-líder do PSDB
    Preço das commodities no Brasil registra crescimento em fevereiro
    Novo como partido, Frente Favela Brasil luta por igualdade entre brancos e negros
    Tags:
    salário mínimo, Banco Mundial, Brasil
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik