07:37 22 Janeiro 2020
Ouvir Rádio
    Brasil
    URL curta
    7204
    Nos siga no

    A Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) autorizou a participação de 14 empresas, inclusive a gigante russa Rosneft, em seu próximo leilão, comunica a Sputnik.

    Ademais, foram sancionadas as solicitações da Petrobras, ExxonMobil, Shell, Total, entre outras. O leilão terá lugar em 29 de março e venderá no total 70 campos de exploração de hidrocarbonetos, em uma área superior a 95 mil quilômetros quadrados. Em meados de fevereiro, a Rosneft começou a perfuração na Bacia do Solimões, onde a companhia russa planeja encontrar jazidas de gás.

    Vale assinalar que 45% da área do Solimões passaram para a Rosneft na sequência da compra da TNK-BP em 2013, tendo os restantes 55% sido adquiridos por US$ 55 milhões (mais de R$ 110 milhões) em 2016.

    Hoje em dia, a Rosneft tenta otimizar os investimentos em projetos estrangeiros. Deste modo, em 2018 a empresa saiu do capital da companhia italiana Saras, mas, por exemplo, mantém ativos na Venezuela (alguns projetos de exploração de petróleo pesado).

    Já os projetos brasileiros podem garantir a chamada sinergia com os venezuelanos, assegura a Rosneft. Por exemplo, caso seja encontrado petróleo no Brasil, este poderia ser misturado com o petróleo pesado de Caracas para melhorar as características do combustível.

    Mais:

    Arábia Saudita diz adeus ao petróleo?
    Ampliar o embargo ao petróleo será percebido como declaração de guerra por Pyongyang
    Alta na arrecadação dos royalties de petróleo faz municípios produtores voltarem a sorrir
    Tags:
    leilão, petróleo, gás, Petrobras, Rosneft, Rússia, Brasil
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar