13:54 18 Dezembro 2018
Ouvir Rádio
    Delação de Cunha vai acusar Temer de comandar organização criminosa na Câmara

    Temer diz que não buscará reeleição

    Lula Marques/AGPT/Fotos Públicas
    Brasil
    URL curta
    311

    O presidente Michel Temer disse nesta sexta-feira que anunciará a criação do Ministério Extraordinário de Segurança Pública na próxima segunda-feira (26), negou objetivo eleitoral e declarou que não pretende buscar reeleição.

    O presidente explicou que o ministério coordenará as ações de segurança pública em todo o país. 

    "Esse ministério vai fazer reuniões permanentes com governadores e secretários de segurança”, disse o chefe de Estado em entrevista ao vivo à Rádio Bandeirantes.

    "Vou anunciar segunda-feira. Ainda não se sabe [quem vai ser o ministro]. Há uns 10 nomes cogitados. Não tenho de memória os 10", disse. 

    Temer defendeu a intervenção federal no Rio de Janeiro, mas negou caráter eleitoral da medida. 

    "É uma jogada de mestre, mas não é eleitoral. Eu sou candidato a fazer um bom governo. Eu tenho dito reiteradamente que em política as circunstâncias é que ditam a conduta. Minhas circunstâncias ditam minha conduta", disse o presidente. 

    "Eu não vou ser candidato", completou.

    Mais:

    Lula diz que Temer quer roubar eleitores de Bolsonaro com intervenção no Rio
    Marqueteiro do Planalto diz que Temer 'já é candidato' nas eleições de 2018
    Senado aprova intervenção federal de Temer na segurança do Rio de Janeiro
    Senador se arrepende por impeachment e chama governo Temer de 'quadrilha' (VÍDEO)
    Temer deve se candidatar à presidência, segundo cúpula do DEM
    Tags:
    reeleição, Eleições 2018, Michel Temer, Brasil
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik