12:10 23 Outubro 2019
Ouvir Rádio
    Polícia Federal em Curitiba (foto de arquivo)

    Polícia Federal declara 1ª Operação Lava Jato em 2018

    Rovena Rosa/Agência Brasil/Fotos Públicas
    Brasil
    URL curta
    210
    Nos siga no

    Nesta terça-feira (22), a Polícia Federal iniciou buscas em quatro estados brasileiros no âmbito da 48º fase da Operação Lava Jato, comunicou o portal G1. Além disso, no quadro da mesma etapa, agentes federais estão cumprindo sete mandados de prisão temporária. A nova fase foi batizada de Integração.

    A 48º fase da Operação Lava Jato da Polícia Federal, apoiada pela Receita Federal e Ministério Público Federal mira corrupção em concessão de rodovias estatais no Paraná.

    A investigação deve cumprir no total 50 mandados de busca e apreensão e 7 de prisões temporárias nos estados do Paraná, Santa Catarina, São Paulo e Rio de Janeiro.

    Em nota, divulgada pela PF, lê-se que agentes federais detectaram no meio das investigações da Lava Jato, uso de esquemas de lavagem de dinheiro para revertê-lo em recursos ilícitos pagos para agentes públicos.

    De acordo com a PF, uma das concessionárias, alvo desta fase, usou os serviços dos operadores financeiros Adir Assad e Rodrigo Tacla Duran, já investigados na Lava Jato para operacionalizar, ocultar e dissimular valores provenientes de ações ilícitas.

    A viabilização de pagamento a agentes públicos do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes, Departamento de Estradas de Rodagem do Paraná e da Casa Civil do Governo do Estado está entre os serviços proporcionados pelos operadores mencionados.

    Tags:
    lavagem de dinheiro, crime, investigação, Operação Lava Jato, Polícia Federal - PF, Santa Catarina, São Paulo, Paraná, Rio de Janeiro, Brasil
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar