05:05 23 Setembro 2018
Ouvir Rádio
    Sessão de votação no Senado, onde foi aprovado em 1º turno o fim do foro privilegiado

    Senado aprova intervenção federal de Temer na segurança do Rio de Janeiro

    Jonas Pereira/Agência Senado
    Brasil
    URL curta
    Intervenção federal no Rio de Janeiro (45)
    211

    Por 55 votos a 13 (1 abstenção), o Senado Federal aprovou, no fim da noite desta terça-feira, o decreto do governo do presidente Michel Temer (MDB) que autoriza a intervenção federal na segurança pública do Rio de Janeiro.

    O resultado, que era esperado, permite que o decreto que já estava em vigor desde a última sexta-feira seja mantido. Na segunda-feira, a medida foi aprovada pela Câmara dos Deputados. O decreto agora será publicado no Diário Oficial da União.

    Pela medida, que valerá até o dia 31 de dezembro deste ano, o interventor indicado por Temer, general Walter Souza Braga Neto, comandará a Secretaria Estadual de Segurança Pública, as polícias Civil e Militar, o Corpo de Bombeiros, e o sistema penitenciário do Estado.

    Indicado como relator da medida no Senado, o senador Eduardo Lopes (PRB-RJ) – suplente do atual prefeito do Rio, Marcelo Crivella – votou a favor da intervenção federal e classificou a situação no Rio como "grave", e que a população fluminense está com "medo de sair de casa".

    Senadores do PT se posicionaram contra a intervenção, cobrando a falta de planejamento e a possibilidade de medidas semelhantes para outros Estados com índices de violência ainda piores do que os do Rio.

    Com a aprovação do decreto, propostas de emenda constitucional como a Reforma da Previdência deixam de tramitar no Congresso.

    Tema:
    Intervenção federal no Rio de Janeiro (45)

    Mais:

    Deputados do PDT, de Ciro Gomes, votam em bloco a favor da intervenção no Rio
    Intervenção pode fortalecer crime organizado no Rio, alerta tenente-coronel reformado
    Ativistas ensinam população negra a agir durante intervenção e publicação viraliza (VÍDEO)
    Tags:
    violência, política, intervenção federal, Senado, Michel Temer, Walter Souza Braga Neto, Marcelo Crivella, Eduardo Lopes, Rio de Janeiro, Brasil
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik