08:08 21 Julho 2018
Ouvir Rádio
    Manifestação contra proposta de mudança na Previdência na Avenida Paulista, São Paulo

    'Quero me aposentar': Brasil tem dia de protestos contra a reforma da Previdência

    Paulo Pinto / AGPT
    Brasil
    URL curta
    7134

    Pelo menos 15 estados têm manifestações contra a reforma da Previdência marcadas para acontecer ao longo desta segunda-feira (19).

    Os protestos estão marcados nos estados da Bahia, Ceará, Distrito Federal, Espírito Santo, Mato Grosso, Pará, Paraná, Pernambuco, Piauí, Rio de Janeiro, Rio Grande do Norte, Rio Grande do Sul, Santa Catarina, São Paulo e Sergipe.

    A expectativa é que a intervenção federal no Rio de Janeiro também seja pautada durante as manifestações.

    “A nossa luta é para enterrar de vez a reforma. E uma das estratégias é realizar uma forte mobilização no dia 19, com greves e paralisações, além de intensificar as ações nas ruas e nas redes”, afirmou o presidente da Central Única dos Trabalhadores (CUT), Vagner Freitas no site da entidade.

    Para os manifestantes, a reforma da Previdência retira direitos constitucionais e favorece a exploração do trabalho.

    A votação da reforma estava prevista para acontecer nesta segunda-feira (19), no entanto, a proposta de intervenção federal do governo no Rio de Janeiro acionou um dispositivo que barra a votação até a revogação ou fim da medida.

    Até então, não havia votos suficientes para a aprovação da Proposta de Emenda Constitucional (PEC). O presidente Michel Temer deu declarações afirmando que caso os votos sejam reunidos, ele deve revogar a medida de intervenção para que a reforma seja votada.

    O Congresso se reunirá hoje para votar a aprovação da Intervenção.

    Mais:

    Com intervenção, Maia diz que Previdência não será votada na semana que vem
    Renan Calheiros critica Temer e Reforma da Previdência (VÍDEO)
    Temer a pique: 90 dias para aprovar reforma da Previdência
    Governo se recusa a enxugar reforma da Previdência se proposta não for aprovada
    Pressão sobre Temer: Rodrigo Maia impõe data limite para reforma da Previdência
    Tags:
    Intervenção Militar no Rio de Janeiro, Central Única dos Trabalhadores (CUT), Vagner Freitas, Pará, Sergipe, Rio Grande do Norte, Piauí, Ceará, Mato Grosso, Distrito Federal, Bahia, Pernambuco, Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Espírito Santo, São Paulo, Paraná, Rio de Janeiro
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik