16:47 14 Novembro 2019
Ouvir Rádio
    Lula discursa durante manifestação contrária ao impeachment

    TRF-1 devolve passaporte de Lula

    José Cruz/Agência Brasil
    Brasil
    URL curta
    26279
    Nos siga no

    Documento do ex-presidente havia sido apreendido por decisão da Justiça do Distrito Federal.

    Nesta sexta-feira (2), o juiz federal Bruno Apolinário, do Tribunal Federal da 1ª Região (TRF-1), derrubou decisão anterior. Com a medida, Lula pode voltar a viajar para o exterior e teve seu nome retirado do Sistema Nacional de Procurados e Impedidos da Polícia Federal.

    A decisão de apreender o documento do ex-presidente foi tomada no dia 25 de janeiro, um dia após sua condenação em 2ª instância no TRF-4, em Porto Alegre.

    O juiz responsável conduz uma investigação sobre tráfico de influência internacional em que envolve Lula.

    Segundo a decisão, agora revogada, o ex-presidente oferecia risco de fuga ao exterior através de concessão de asilo político por outros países.

    Esta semana o instituto de pesquisa Datafolha divulgou levantamento que aponta que Lula segue na frente das pesquisas de intenção de voto para presidente em 2018, mesmo após sua condenação. 

    Mais:

    STJ nega habeas corpus sobre prisão de Lula
    Lula pede habeas corpus para evitar prisão antecipada
    Moro põe à venda tríplex atribuído a Lula
    Presidente do PT diz que condenação de Lula foi 'tiro de misericórdia' na democracia
    Tags:
    Operação Lava Jato, condenação de lula, lula, Bruno Apolinário, Brasília, Porto Alegre, Brasil
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar