16:17 21 Fevereiro 2018
Ouvir Rádio
    Movimentos sociais ocupam sede da Rede Globo no Rio de Janeiro.

    Prédio da Globo é ocupado no Rio de Janeiro

    Brasil de Fato/Reprodução
    Brasil
    URL curta
    252910

    Na manhã desta segunda-feira (22) movimentos sociais ocuparam a sede da Rede Globo, na região do Jardim Botânico, no Rio de Janeiro.

    Segundo os movimentos sociais que ocuparam nesta manhã o prédio da sede da Rede Globo, no Rio de Janeiro, o protesto tem como objetivo denunciar a emissora por supostamente apoiar a condenação de Lula. A informação foi divulgada por diversas mídias alternativas.

    Cerca de 150 pessoas estão acampadas no prédio da emissora na rua Jardim Botânico. Entre os movimentos sociais presentes estão o MST e o Levante Popular da Juventude.

    Uma faixa estendida na porta da emissora dizia: "Se a Globo condena Lula sem provas, o povo condena a Globo". A ocupação foi transmitida ao vivo pelo Facebook.

    Na quarta-feira (24), o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva terá um recurso julgado em segunda instância pelo TRF-4, em Porto Alegre. Diversos movimentos sociais já estão na cidade para acompanhar o julgamento. Caso o recurso de Lula seja negado, sua possível candidatura à presidência ficará mais próxima de ser inviabilizada.

    Mais:

    Ciro diz que considera Lula inocente
    Concentração para ato pró-Lula na Avenida Paulista é barrada pela Justiça
    10 mil farão marcha até acampamento próximo ao julgamento de Lula
    Presidente do PT diz que para prender Lula 'vai ter que matar gente'
    Tags:
    Operação Lava Jato, Rede Globo, Levante Popular da Juventude, Movimento dos Trabalhadores Sem-Terra (MST), Luís Inácio Lula da Silva, Brasil, Rio de Janeiro
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik