00:00 22 Outubro 2018
Ouvir Rádio
    Pessoas assistem a queima de fogos em Copacana, Rio de Janeiro. 1 de janeiro de 2018

    Rio de Janeiro recebe menos pessoas que o esperado para o réveillon

    © REUTERS / Lucas Landau
    Brasil
    URL curta
    160

    Cerca de 2,4 milhões de pessoas passaram a virada de ano nas praias de Copacabana, no Rio de Janeiro.

    O número foi divulgado em um balanço oficial da RioTur, a empresa pública de turismo da cidade.

    A expectativa, no entanto, era maior. A prefeitura acreditava que ao menos 3 milhões de pessoas estariam na praia para a chegada do ano novo.

    Festival de fogos de artifício visto de trás do Cristo Redentor, grande símbolo do Rio de Janeiro
    Fernando Maia/ Riotur
    A queima de fogos, no entanto, atendeu a expectativa e foi a maior já realizada nas praias cariocas. Foram 17 minutos de fogos de artifício para comemorar a entrada de 2018.

    No total, 25 toneladas de fogos foram utilizadas. Os fogos foram disparados de onze balsas posicionadas nas proximidades da praia.

    A festa de ano novo é considerada o maior evento do ano no Rio de Janeiro. Apesar de mundialmente famoso, o réveillon carioca atrai principalmente turistas brasileiros. Um especialista ouvido pela Sputnik apontou que 9 em cada 10 quartos de hotel reservados para o réveillon na cidade foram ocupados por turistas do Brasil. Segundo ele, os brasileiros também costumam ser 80% do total de visitantes recebidos nessa época do ano.

    Mais:

    Exército vai ao Rio Grande do Norte e pode continuar no Rio de Janeiro até o fim de 2018
    Rio de Janeiro organiza réveillon para 'prender' turistas na cidade
    Papai Noel sob balas: lojista fala sobre Natal no Rio de Janeiro
    'O turismo é a solução para a economia do Rio de Janeiro'
    Tags:
    Rio de Janeiro
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik