13:09 20 Setembro 2018
Ouvir Rádio
    Brazil's President Michel Temer reacts during a meeting of the Council for Economic and Social Development (CDES) at the Planalto Palace in Brasilia, Brazil, November 21, 2016

    Temer reajusta salário mínimo abaixo do esperado

    © REUTERS / Ueslei Marcelino
    Brasil
    URL curta
    14111

    O presidente da República Michel Temer assinou decreto de reajuste do salário mínimo nesta sexta-feira (29). O valor aumentou de R$ 937,00 para R$ 954,00 e será publicado no Diário Oficial da União na segunda-feira (1).

    O salário mínimo é reajustado anualmente de acordo com valores da inflação do ano passado e da variação do PIB de dois anos antes. Essa regra é válida até 2019.

    O reajuste do salário mínimo é feito a partir de uma fórmula que soma a variação do Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC) do ano anterior e a variação do PIB de dois anos antes. Como a variação de 2016 do PIB foi negativa, apenas o INPC foi considerado. O reajuste de 1,81% é uma estimativa do governo, visto que o valor real do índice só será divulgado pelo IBGE em janeiro de 2018.

    A expectativa era que o reajuste fosse para R$ 965,00, mas o governo diminuiu o valor para economizar. Com a cifra divulgada, o governo espera deixar de gastar R$ 3,3 bilhões.
    Esse valor também serve como base de cálculo para diversos benefícios pagos pelo governo federal. Dos 104 milhões de trabalhadores brasileiros, cerca de 45 milhões recebem um salário mínimo por mês.

     

    Mais:

    STF suspende decreto de Temer que poderia 'perdoar' condenados na Lava Jato
    Indulto de Natal: Raquel Dodge denuncia decreto de Michel Temer no STF
    Após reação de Temer, Boeing tenta acalmar brasileiros sobre aliança com a Embraer
    Boeing-Embraer: Temer aceita negociar, mas sem perder o controle da empresa
    Tags:
    salário mínimo, IBGE, Michel Temer, Brasil
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik