05:39 14 Novembro 2019
Ouvir Rádio
    Presidente dos EUA Barack Obama

    Fala racista vira campanha em memória de personalidades negras com hashtag #ÉCoisaDePreto

    © REUTERS / Kevin Lamarque
    Brasil
    URL curta
    1193
    Nos siga no

    Após o jornalista e apresentador da TV Globo Willian Waack ser flagrado fazendo comentários racistas, uma nova campanha tomou conta das redes sociais e tornou se um dos assuntos mais comentados do Twitter. Com a hashtag #ÉCoisaDePreto, negros e negras de destaque foram lembrados pelos usuários da rede social.

    ​Waack teve um vídeo divulgado em que, irritado com a barulho de uma buzina, afirma: "Tá buzinando por quê, seu m**** do c*****? Não vou nem falar, porque eu sei quem é". O jornalista então completa: "É preto. É coisa de preto", enquanto ri. A Globo afastou o apresentador após a repercussão do caso e afirmou ser "visceralmente contra o racismo em todas as suas formas e manifestações".

    Mais:

    Talvez a escravidão nunca tenha sido abolida no Brasil, diz juiz do trabalho
    Contra racismo, jogadores do Hertha Berlim ficam de joelhos no Campeonato Alemão
    'Troca de pele' de propaganda da Dove levanta acusações de racismo (FOTOS, VÍDEO)
    Ativistas marcham de Charlottesville a Washington em protesto contra o racismo
    ONU: xenofobia e racismo crescem nos EUA
    Rússia cria organismo para combater racismo e discriminação no futebol e distribui multas
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar