09:36 22 Maio 2018
Ouvir Rádio
    Urna eleitoral

    Bolsonaro e Lula serão julgados por antecipação de campanha

    Elza Fiúza/ABr
    Brasil
    URL curta
    22315

    O ex-presidente Lula e o deputado federal Jair Bolsonaro (PSC-RJ) serão julgados pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE) por uma suposta antecipação da campanha presidencial de 2018.

    As informações são do jornal O Estado de S. Paulo

    A legislação eleitoral estabelece que a campanha está permitida apenas a partir do dia 15 de agosto de 2018 e quem descumprir esta determinação pode pagar uma multa de R$ 5 mil a R$ 25 mil.

    No caso de Bolsonaro, o Ministério Público Eleitoral (MPE) acredita que há vídeos no YouTube do deputado sendo recepcionado em aeroportos e que demonstram uma "clara menção à pretensa candidatura".

    Já no caso petista, o tribunal questiona outros vídeos. Um deles mostra Lula fazendo academia ao som da trilha sonora do filme Rocky — Um Lutador. O título do vídeo é "Ele está voltando". Para o MPE, a peça demonstra a intenção de Lula de voltar ao Palácio do Planalto. 

    Líderes nas intenções de voto, Bolsonaro e Lula não escondem a pretensão de disputar o cargo de Presidente da República. 

    Procurada pela reportagem, a equipe de Lula afirmou que não foi o petista ou sua equipe quem fez os vídeos. Bolsonaro apresentou a mesma versão e disse confiar no julgamento do TSE.

    De acordo com a publicação, a decisão do Tribunal deve ser publicada ainda neste ano. 

    Mais:

    Trump é um 'exemplo a ser seguido', diz Jair Bolsonaro nos EUA
    Em entrevista à Sputnik, Dilma acusa Bolsonaro de apoiar 'tortura e ditadura' no Brasil
    Presidente do PT, Gleisi Hoffmann: ‘Lula é o candidato; não existe Plano B’
    Lula percorre estrada de amor e ódio com caravana pré-eleitoral
    Lula diz que Dilma 'traiu' eleitorado e que, se eleito, vai revogar medidas de Temer
    Tags:
    TSE, Jair Bolsonaro, Lula
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik