04:13 24 Setembro 2018
Ouvir Rádio
    Ex-Presidente Luiz Inácio Lula da Silva

    Lula e Bolsonaro polarizam preferência dos brasileiros para eleições de 2018, diz pesquisa

    Ricardo Stuckert/ Instituto Lula
    Brasil
    URL curta
    23135

    Pesquisa do Ibope divulgada neste domingo mostra que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), e o deputado federal Jair Bolsonaro (PSC-RJ) são os preferidos do eleitorado brasileiro para as eleições gerais de 2018.

    Mesmo envolto em julgamentos e já tendo uma condenação na Operação Lava Jato, Lula possui boa vantagem. Em qualquer cenário apresentado ao eleitor, Lula fica com o mínimo de 35% e o máximo de 36% das intenções de voto.

    Já Bolsonaro soma 15% quando enfrenta Lula, e seria hoje o adversário do petista em um segundo turno. O ex-capitão do Exército cresce para 18% se o ex-presidente não concorrer e for substituído pelo ex-prefeito de São Paulo, Fernando Haddad – neste cenário ele aparece empatado com Marina Silva, da Rede.

    Falando em Marina, ela é a terceira colocada em qualquer cenário com a presença de Lula, com índices que variam entre 8% e 11%, dependendo dos adversários. Se Lula estiver fora da disputa, Marina lidera, empatada com Bolsonaro na preferência do eleitor.

    O apresentador Luciano Huck (sem partido), cogitado nas últimas semanas como um possível candidato à Presidência da República, aparece com 8% no cenário sem Lula – na presença do petista, o seu índice cai para 5%.

    Mais abaixo a disputa é acirrada. Ciro Gomes (PDT), Geraldo Alckmin e João Doria (ambos do PSDB) surgem embolados, com percentuais entre os 5% e 7%. Ciro sobe até os 11% quando Lula é substituído por Haddad (que tem a preferência de 2%).

    Na pesquisa espontânea – quando o Ibope não apresenta ao entrevistado os nomes dos concorrentes –, Lula aparece com 26% das intenções de voto (no Nordeste tem 42%) e Bolsonaro com 9%. O pelotão seguinte fica muito distante entre 2% (Marina) e 1% (Ciro, Alckmin, Dilma, Temer, Doria).

    A pesquisa do Ibope foi feita entre os dias 18 e 22 de outubro, com 2.002 pessoas em todos os Estados brasileiros, com margem de erro de dois pontos percentuais para mais ou para menos.

    Mais:

    Lula diz que Dilma 'traiu' eleitorado e que, se eleito, vai revogar medidas de Temer
    Dilma à Sputnik: para a democracia brasileira 'é crucial que Lula volte'
    Ciro detona Bolsonaro, Doria e diz que Lula em 2018 só aumenta 'ódios e paixões' (VÍDEO)
    Tags:
    ficha limpa, Operação Lava Jato, presidência, política, Eleições 2018, Ibope, Fernando Haddad, Dilma Rousseff, Michel Temer, João Doria, Geraldo Alckmin, Ciro Gomes, Marina Silva, Luciano Huck, Jair Bolsonaro, Luiz Inácio Lula da Silva, Brasil
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik