09:25 03 Agosto 2021
Ouvir Rádio
    Brasil
    URL curta
    1229
    Nos siga no

    Um juiz no Distrito Federal aceitou nesta terça-feira uma nova denúncia de corrupção passiva apresentada contra o ex-presidente petista Luiz Inácio Lula da Silva (2003-2010), acusado desse crime no âmbito da Operação Zelotes.

    "Seis milhões de reais foram prometidos ao ex-presidente Lula e Gilberto Carvalho (ministro de seu governo)", afirmou o Ministério Público Federal (MPF) na semana passada, alegando que o destino do dinheiro seria para apoiar as campanhas eleitorais do Partido dos Trabalhadores (PT).

    A denúncia foi aceita na terça-feira pelo juiz Vallisney Oliveira, do Distrito Federal, que também acusou seis outras pessoas, de acordo com o jornal Folha de São Paulo.

    Esta é a sétima vez que Lula se torna réu na Justiça, embora pela primeira vez no âmbito da Operação Zelotes, que investiga uma parcela corrupta que concedeu benefícios fiscais a empresas em troca de subornos.

    Em particular, o presidente brasileiro é acusado de participar de manobras que envolveu a aprovação de uma medida provisória em 2009, que prorrogou por cinco anos os benefícios fiscais que foram recebidos pelas principais empresas do setor automobilístico, como o Grupo Caoa e a MMC-Mitsubishi.

    Lula, que nega as alegações, já foi condenado a nove anos e meio de prisão por outro crime de corrupção passiva (na Operação Lava Jato) e, se a Justiça confirmar que a decisão em segunda instância o petista não poderá ser candidato nas eleições de 2018, como ele afirma.

    Mais:

    Lula depõe por 2h, diz 'ter pena' de Palocci e questiona Moro: 'O senhor será imparcial?'
    Lula x Moro: afinal, julgamento é político ou não?
    O filme da Lava Jato é uma 'tentativa de descredibilizar o ex-presidente Lula'?
    Tags:
    Brasil, Luiz Inácio Lula da Silva, Vallisney de Souza Oliveira, Gilberto Carvalho, MPF, Caoa, Mitsubishi, PT, corrupção, Operação Zelotes, política
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar