20:48 23 Junho 2018
Ouvir Rádio
    Mesa da Câmara lê denúncia da Procuradoria-Geral contra Temer

    Para o Psol, rejeição de denúncia contra Temer vai ferir de morte o Congresso

    Wilson Dias/Agência Brasil
    Brasil
    URL curta
    751

    Embora não queira antecipar uma análise sobre a aceitação ou não da denúncia contra o presidente Michel Temer na sessão desta quarta-feira, na Câmara, o presidente nacional do Psol, Luis Araújo, disse à Sputnik Brasil que, caso o Legislativo opte por arquivar a ação, o Congresso brasileiro será ferido de morte junto à população.

    "Com o apoio da grande mídia, o governo trabalhou violentamente na compra de votos dos deputados para que a denúncia de corrupção passiva, apresentada pela Procuradoria-Geral da República contra Temer, seja arquivada. É claro que só há dois cenários. Se a denúncia for rejeitada, o governo ganha fôlego até a apresentação da próxima denúncia, aprofundando a já grave crise política. Se a denúncia for aceita, abre-se espaço para a eleição direta, com o governo tentando manter a equipe econômica sob o comando do Rodrigo Maia", diz Araújo.

    Para o presidente do Psol, fora da Câmara, Temer seria condenado em qualquer esfera e instância.

    Mais:

    Apoio do Congresso neutraliza reprovação popular de Temer
    'Desaprovação recorde de Temer é fruto da falta de diálogo com a população'
    Tags:
    eleições 2018, Congresso, denúncias, presidência, corrupção, política, PSOL, Rodrigo Maia, Luis Araújo, Michel Temer, Brasil
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik