08:38 21 Setembro 2019
Ouvir Rádio
    Procurador regional da República Carlos Fernando dos Santos Lima

    Opinião sobre tudo: Procurador da Lava Jato chama Constituinte da Venezuela de 'farsa'

    © Foto / Reprodução / Facebook
    Brasil
    URL curta
    27410
    Nos siga no

    Ativo crítico dos políticos brasileiros nas redes sociais, o procurador regional da República, Carlos Fernando dos Santos Lima, afirmou neste domingo que a eleição para uma Assembleia Constituinte que ocorreu na Venezuela não passou de uma “farsa”.

    “Democracia exige muito mais que eleições. Desde os gregos, discute-se os riscos da democracia transformar-se em demagogia, seja pelo abuso do 'pão', ou em outras palavras do poder econômico, seja pelo abuso do 'circo', a saber, do incendiar de paixões e preconceitos populares”, escreveu.

    Lima ainda apontou sete pontos fundamentais em uma democracia que, segundo ele, não são encontrados no país liderado pelo presidente Nicolás Maduro.

    O procurador, que integra a Força-Tarefa do Ministério Público Federal (MPF) na Operação Lava Jato, aproveitou a postagem para alfinetar mais uma vez a classe política brasileira. De acordo com Lima, “nenhum projeto de poder pode se basear na corrupção como forma de financiamento”.

    “A corrupção desenfreada solapa algumas das bases de nossa democracia, pois permite que alguns partidos políticos e candidatos usem de recursos públicos para se sobreporem aos demais […]. Por fim, nossa Justiça Eleitoral, como demonstrou o julgamento da chapa Dilma-Temer pelo TSE, ainda não adquiriu maturidade suficiente para enfrentar os desafios de uma democracia forte e verdadeira”, concluiu.

    Mais:

    Tudo o que você precisa saber sobre a Assembleia Constituinte da Venezuela
    Venezuela: 'Não aceitaremos um governo ilegítimo', diz embaixadora dos EUA na ONU
    Chanceler da Venezuela acusa Peru e Colômbia de colaborar com a CIA
    Tags:
    Assembleia Constituinte, Operação Lava Jato, corrupção, política, MPF, Nicolás Maduro, Carlos Fernando dos Santos Lima, Venezuela, Brasil
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar