08:20 23 Outubro 2018
Ouvir Rádio
    Imagem da chegada da delegação síria ao Rio para Olimpíada Internacional de Matemática (IMO, em inglês), com a presença de Hafez Assad (terceiro, da direita para esquerda)

    Filho de Assad curte praia no Brasil e compara Rio com Damasco (FOTO)

    © Foto : Reprodução / Facebook Syrian Science Olympiad
    Brasil
    URL curta
    31182

    Nenhuma pessoa que passava na tarde desta sexta-feira pela praia da Barra, na zona sul do Rio de Janeiro, poderia imaginar que um jovem franzino que jogava futebol com amigos em uma faixa de areia seria ninguém menos do que Hafez al-Assad, filho mais velho do presidente sírio Bashar Assad.

    O flagrante da atividade foi feito pela reportagem do jornal O Globo. O jovem de 15 anos está no Brasil desde a semana passada como um dos integrantes do time sírio na Olimpíada Internacional de Matemática (IMO, na sigla em inglês).

    Próximos ao grupo estavam quarto seguranças sírios e agentes da Polícia Federal (PF), a fim de garantir a segurança de Hafez, não permitindo a aproximação de jornalistas. A cena foi bem diferente de alguns dias antes, quando o filho mais velho de Assad comparou o Rio com Damasco.

    “Damasco é um pouco como o Rio de Janeiro. A maior parte da cidade é segura, mas algumas áreas não. Eventualmente, a violência pode ser resolvida”, comentou ao jornal, quando questionado sobre a violência nas duas cidades, no dia da abertura da Olimpíada Internacional de Matemática.

    Hafez conheceu vários pontos turísticos do Rio nos últimos dias, em sua segunda vinda ao Brasil – a primeira foi em 2010, quando o pai Bashar Assad veio ao país em uma visita oficial. Um ano depois, a Síria entraria em uma guerra civil que se arrasta até hoje e já deixou milhares de mortos.

    Mais:

    Mídia: Trump encerra programa da CIA para armar oposição síria contra Assad
    França não insiste mais na saída de Assad; prioridade é luta contra terrorismo
    Especialista sobre armas químicas de Assad: CIA é mestre em falsificação
    Tags:
    crise síria, violência, segurança, Olimpíada Internacional de Matemática (IMO), Hafez Assad, Bashar Assad, Damasco, Síria, Rio de Janeiro, Brasil
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik