22:18 22 Maio 2018
Ouvir Rádio
    Crivella diz que seu governo será de austeridade

    Prefeito do Rio canta em sessão em homenagem à Igreja Universal no Congresso (VÍDEOS)

    Waldemir Barreto/ Agência Senado
    Brasil
    URL curta
    24112

    O Congresso Nacional sediou nesta terça-feira uma sessão solene em homenagem aos 40 anos da Igreja Universal do Reino de Deus (IURD), de viés evangélico e fundada pelo bispo Edir Macedo. Parlamentares do PRB – braço partidário da IURD – solicitaram a sessão, que contou com políticos e fiéis da igreja.

    Uma das figuras ilustres presentes foi o prefeito do Rio de Janeiro, Marcelo Crivella (PRB), sobrinho de Macedo e bispo licenciado da IURD. Ele chegou a cantar em determinado momento da sessão e foi acompanhado por vários dos presentes – a bancada evangélica também se fez presente.

    Outra figura importante a falar sobre a IURD e defender a religiosidade foi o presidente do Congresso, senador Eunício Oliveira (PMDB-CE).

    “Sempre admirei as obras sociais das igrejas, que vão de ações de proteção às crianças sem lar aos cuidados com pessoas da terceira idade”, disse. Na visão dele, neste momento de profunda crise econômica e política por que passa o País, é importante “o sentimento de que algo maior, Deus, está protegendo o Brasil”.

    Responsáveis pelo pedido de homenagem à igreja, o deputado federal Márcio Marinho (PRB-BA) e o senador Eduardo Lopes (PRB-RJ) destacaram as “vidas transformadas” pela instituição, fundada por Macedo em julho de 1977. Passados 40 anos, o número de evangélicos no Brasil – incluídos os da IURD e demais igrejas – já ultrapassa os 20% da população.

    Representando o fundador da instituição no evento, o bispo Domingos Siqueira disse que a sessão foi um reconhecimento da nação do trabalho “anônimo e silencioso” que a IURD faz no Brasil.

    Entre exemplos desse trabalho, ele citou o estímulo para que os fiéis busquem o “sucesso profissional e o conforto material que merecem” e o resgate de pessoas de vícios. Na opinião dele, a igreja ainda é alvo de preconceito religioso e de incompreensão.

    Mais:

    Caso Anticristo: Igreja Universal encerra questão com Google Maps
    Pastor da Universal tenta convencer fiéis a doar carros de até R$ 600 mil para a Igreja
    Crivella quer murar Rio como Jerusalém
    Tags:
    política, bancada evangélica, evangélicos, religião, Estado laico, PRB, IURD, Igreja Universal do Reino de Deus, Igreja Universal, Congresso, Eduardo Lopes, Márcio Marinho, Edir Macedo, Eunício Oliveira, Marcelo Crivella, Brasil, Brasília
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik