06:04 26 Setembro 2017
Ouvir Rádio
    Panfleto distribuído durante protesto contra o governo de Michel Temer no Rio de Janeiro (arquivo)

    Temer é denunciado por corrupção passiva

    Sputnik Brasil/Jussara Razzé
    Brasil
    URL curta
    29953160

    O procurador-geral da República, Rodrigo Janot, denunciou há pouco o presidente Michel Temer no Supremo Tribunal Federal (STF), pelo crime de corrupção passiva. Junto com ele, também foi denunciado o ex-deputado Rodrigo Rocha Loures (PMDB-PR).

    A acusação tem como base as investigações realizadas a partir da delação de executivos do grupo JBS, incluindo o empresário Joesley Batista, que chegou a gravar uma polêmica conversa que teve com o presidente, em sua residência oficial, em março, na qual falam supostamente de propina e obstrução de Justiça.

    Mais cedo, a Polícia Federal entregou o relatório final do inquérito que investiga o presidente, concluindo que Temer teria incentivado pagamentos ilegais ao ex-deputado Eduardo Cunha e também cometeu crime ao não comunicar às autoridades competentes a suposta compra de um procurador e a pressão exercida sobre dois juízes por Joesley, conforme a gravação desse diálogo no Palácio do Jaburu.

    Apesar de formalizada, a acusação contra Temer só será julgada pelo STF se a Câmara permitir. Pelo menos 342 dos 513 deputados precisam aprovar. 

    Mais:

    Janot está por trás do confronto entre Temer e Joesley Batista, diz ex-ministro da Justiça
    Temer é o presidente com menor aprovação em 28 anos
    O que Temer foi fazer na Rússia?
    Polícia Federal diz ter provas de que Michel Temer recebeu propinas
    Tags:
    Palácio do Jaburu, Câmara dos Deputados, JBS, MPF, Procuradoria Geral da República (PGR), STF, Eduardo Cunha, Rodrigo Janot, Joesley Batista, Michel Temer, Brasília, Brasil
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik