08:14 15 Outubro 2019
Ouvir Rádio
    Encontro entre Vladimir Putin e Michel Temer em Moscou, em 2011

    Mídia: Temer avalia adiar viagem a Moscou

    AP Photo / Mikhail Metzel, pool
    Brasil
    URL curta
    642
    Nos siga no

    O presidente Michel Temer está avaliando com o Itamaraty se cancela ou adia a viagem para a Rússia, agendada para a semana que vem, dia 19 de junho.

    Segundo a coluna da repórter de política da GloboNews, Andréia Sadi, no G1, o motivo do adiamento seria a previsão da denúncia da Procuradoria-Geral da República, prevista para a mesma semana da viagem. 

    A as fontes da repórter no governo consideram que o presidente, permanecendo no Brasil, teria mais facilidade para mobilizar a defesa na Câmara. Além disso, os assessores de Temer temem desgaste político, caso ele decida viajar, mesmo sendo denunciado.

    Por isso, o Itamaraty estaria avaliando, por canais diplomáticos, os possíveis impactos negativos nas relações bilaterais Brasil-Rússia, caso a viagem seja cancelada ou adiada.

    A decisão do presidente deve ser anunciada durante a semana.

    Mais:

    'Relacionamento Temer-Trump não vai afetar relações Brasil-Rússia'
    Vice-presidente Temer sobre relação Brasil-Rússia: ‘Cada vez mais próspera’ (Exclusiva)
    Tags:
    política, relações bilaterais, Michel Temer, Rússia, Brasil
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar