11:35 20 Outubro 2021
Ouvir Rádio
    Brasil
    URL curta
    140
    Nos siga no

    O Tribunal Superior Eleitoral retomou nesta terça-feira (6) o julgamento da chapa Dilma-Temer em relação à campanha eleitoral de 2014. A ação pode cassar o mandato do presidente Michel Temer.

    O julgamento acontece em quatro etapas, sendo que a primeira parte acontece nesta terça-feira (6) e a segunda etapa será realizada na quarta-feira (7). Na quinta-feira acontecem duas sessões. Caso os ministros considerem ser necessário, o julgamento pode ser prolongado.

    "As quatro ações pedem a cassação e a inelegibilidade da chapa Dilma-Temer", disse o ministro Herman Benjamin em leitura do relatório no início do julgamento.

    Acompanhe a primeira etapa do julgamento ao vivo: 

    O advogado de Dilma, Flávio Caetano, ao concluir sua fala, disse confiar que o TSE manterá a validade dos mais de 54 milhões de votos conquistados na urna, além de pedir a não aplicação da inelegibilidade e a convocação de eleições diretas para presidente.

    Já o advogado de Michel Temer, Marcus Vinicius Coelho, afirmou que a colaboração premiada afirma que não pode haver condenação baseada apenas na palavra do delator. Ele concluiu pedindo para que não haja a destituição de Temer da presidência. 

    O presidente Michel Temer cancelou suas atividades desta terça-feira para acompanhar o julgamento.

    A ação contra a chapa Dilma-Temer foi protocolada pelo PSDB no âmbito das investigações da operação Lava Jato. "Não restam dúvidas que as candidaturas dos inquiridos foi beneficiada por abuso de poder econômico", diz trecho da petição do PSDB que pede a abertura do processo contra a chapa. 

    Mais:

    Julgamento da chapa Dilma-Temer: Futuro é incerto para o presidente (EXCLUSIVO)
    Marina comenta fraqueza de Temer e Dilma
    Não há hipótese de anulação do impeachment de Dilma, diz Temer (VÍDEO)
    Temer indica que apoio do PT a Cunha poderia ter impedido impeachment de Dilma (VÍDEO)
    Tags:
    Brasil, Dilma Rousseff, Michel Temer, TSE, PSDB, cassação, Operação Lava Jato, julgamento
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar