19:12 20 Outubro 2019
Ouvir Rádio
    Vista de Moscou a partir da ponte Bolshoy Moskvoretsky

    Prefeito do Rio de Janeiro visita Moscou para conhecer processo de renovação da cidade

    © Sputnik / Yevgeny Biyatov
    Brasil
    URL curta
    372
    Nos siga no

    O prefeito do Rio de Janeiro, Marcelo Crivella, começou segunda-feira uma visita oficial a Moscou para entender o processo de renovação do centro da cidade.

    Crivella conheceu um dos 127 centros de serviços de inovação da cidade. O local, parte dos esforços do governo local para desburocratizar serviços públicos,  permitiu uma diminuição considerável no tempo de emissão de passaportes, títulos de propriedade, entre outros.

    "Crivella recebeu explicações sobre vasto projecto de desenvolvimento de Moscou, que nos últimos seis anos sofreu grandes intervenções. A capital russa tem agora novas rodovias, o tráfego mais fluido e um completamente reconstruído centro histórico, com a preservação de 500 fachadas de edifícios históricos", informou a Câmara Municipal do Rio de Janeiro em um comunicado.

    ​O projeto de desenvolvimento, que também inclui um grande parque no centro com instalações esportivas, centros comerciais e restaurantes, será 80% financiado por parcerias público-privada. A ideia replicar este tipo de modelo na segunda maior cidade brasileira.

    O prefeito descreveu a reunião como "muito produtiva" para a troca de experiências entre os municípios e possibilidades de cooperação entre as duas cidades. O ministro do Governo da Cidade de Moscou, Sergei Cheriomin, ofereceu um almoço com empresários russos, onde investimentos em infraestrutura urbana que poderiam ser implementadas no Rio de Janeiro nos próximos anos foram negociados.

    Mais:

    Crivella quer murar Rio como Jerusalém
    Crivella quer governo de união e austeridade, com secretariado enxuto
    Paes rebate Crivella sobre dívidas da Prefeitura: 'Déficit de R$ 4 bi não é'
    Tags:
    Câmara Municipal do Rio de Janeiro, Sergei Cheriomin, Marcelo Crivella, Rio de Janeiro, Moscou, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar