10:30 23 Setembro 2019
Ouvir Rádio
    Um membro do MTST mostra a bandeira do movimento durante ato da greve geral de 28 de abril de 2017 em Brasília

    'Recado foi dado a Temer', diz líder do MTST sobre greve geral

    © REUTERS / Ueslei Marcelino
    Brasil
    URL curta
    21131
    Nos siga no

    O coordenador do Movimento dos Trabalhadores Sem Teto (MTST), Guilherme Boulos, exaltou a paralisação contra as reformas trabalhista e e da Previdência do governo Temer, destacando a adesão de diversas categorias à greve.

    Segundo ele, o recado das ruas foi dado ao governo de Michel Temer e ao Congresso. 

    "O Brasil parou na #GreveGeral desta sexta! Transportes, escolas, bancos, rodovias e avenidas. O recado foi dado a Temer e ao Congresso!", publicou ele em sua conta no Twitter

    ​O líder do MTST também criticou a ação da Polícia Militar durante as manifestações em São Paulo, acusando os agentes de segurança de crminializar os trabalhadores em greve. 

    "Polícia de São Paulo quer enquadrar detidos do MTST na Greve por associação criminosa e enviar para presídios. Ajude a denunciar!", afirmou Boulos.  

    Milhões de trabalhadores aderiram à greve geral comvocada para esta sexta-feira (28) em todo o país, prometendo a maior paralização dos últimos anos no Brasil. Manifestações de apoio à greve acontecem em todos os estados do país. 

    Mais:

    Greve Geral: Manifestantes e polícia entram em confronto no Rio (VÍDEOS)
    Greve Geral: Prefeito de SP diz que paralisação reúne 'vagabundos' e 'preguiçosos'
    Para CUT-RJ, nível da adesão popular é o destaque da greve geral
    Tags:
    protesto, paralisação, greve geral, MTST, Guilherme Boulos, Brasil
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar