21:12 22 Agosto 2019
Ouvir Rádio
    Temer recebe deputadas da Assembleia Parlamentar da CPLP

    Brasil libera vistos para estudantes de países de língua portuguesa

    José Cruz/Agência Brasil
    Brasil
    URL curta
    715

    Em encontro com deputadas da Rede de Mulheres da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP) no Palácio do Planalto, em Brasília, o presidente Michel Temer assinou nesta quarta-feira (5) a ratificação do acordo para a concessão de vistos aos estudantes da CPLP.

    O acordo, aprovado pelo Congresso Nacional, prevê que os nove países da Comunidade: Brasil, Angola, Cabo Verde, Guiné-Bissau, Guiné Equatorial, Moçambique, Portugal, República Democrática de São Tomé e Príncipe e a República Democrática do Timor-Leste, adotem as mesmas regras de emissão do visto para estudantes. 

    Para o presidente Michel Temer, a medida além de mostrar que o Brasil está aberto ao mundo, demostra ainda a vontade do Brasil de estreitar os laços de diálogo e cooperação com os países de língua portuguesa favorecendo o desenvolvimento econômico, técnico e social.

    "Nós estamos na verdade facilitando a circulação dos estudantes dentro da CPLP.  É uma medida que favorecerá o desenvolvimento econômico, educacional, técnico e social de outros países. É interessante observar que esse ato tem uma significação maior do que a simples assinatura, porque em tempos que ressurgem no cenário internacional tendências isolacionistas nossa resposta por este ato é mais integração, mais cooperação e mais diálogo."

    A assinatura do acordo aconteceu paralelamente a conferência organizada pelas deputadas na Câmara, que se encerra nesta quarta-feira (5). O evento teve como objetivo promover um debate e intercâmbio de ideias para dinamizar a rede de Mulheres da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP).


    Tags:
    social, desenvolvimento econômico, estudantes, língua portuguesa, visto, tecnologia, acordo, educação, Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP), Michel Temer, República Democrática do Timor-Leste, República Democrática de São Tomé e Príncipe, Guiné-Bissau, Guiné Equatorial, Cabo Verde, Moçambique, Angola, Portugal, Brasil
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar