01:24 16 Julho 2018
Ouvir Rádio
    Matias Carena (à direita) postou foto com o amigo em uma rede social na chegada ao Rio

    Polícia tenta identificar responsáveis por morte de turista argentino após briga no Rio

    Reprodução/Arquivo Pessoal
    Brasil
    URL curta
    612

    A Delegacia de Homicídios (DH) está a procura dos responsáveis pela morte do turista argentino Matias Sebastian Carena, de 28 anos, após se envolver em uma briga com cinco brasileiros em frente a um bar em Ipanema, na Zona Sul do Rio, na madrugada de domingo (26).

    Matías Sebastián Carena era jogador de futsal na Argentina
    Reprodução/Arquivo Pessoal
    Matías Sebastián Carena era jogador de futsal na Argentina

    Segundo o delegado Fábio Cardoso, a confusão com os três turistas argentinos começou quando eles estavam fazendo o pagamento da conta ainda dentro do bar, que fica na Rua Vinícius de Moraes, e foram provocados por um grupo de cariocas. A briga acabou do lado de fora do bar, com os brasileiros agredindo os turistas com socos. Ao ser atingido por um soco Matias Carena caiu no chão, e ficou desacordado após bater com a cabeça no degrau de uma loja, não resistindo aos ferimentos, morrendo ao chegar ao hospital.

    "Houve esse desentendimento entre esse grupo que estava o argentino com a questão de conta no bar, mas foi resolvido. Um grupo de brasileiros começou a debochar e provocar os argentinos, foi quando começou a briga. Eles chegaram até a atravessar a rua para o outro lado para evitar a briga, mas foram agredidos covardemente por um grupo de brasileiros e a DH está empenhada em identificar todos esses agressores que vão responder pelo homicídio do argentino", contou o delegado.

    A Polícia fez perícia no local, já ouviu algumas testemunhas que presenciaram a briga e agora os investigadores buscam imagens de câmeras de segurança ao redor do bar para tentar identificar os agressores, responsáveis pela morte do argentino.

    Matias Carena era jogador da 1ª divisão de futsal na Argentina do clube Círculos Unidos. Os colegas fizeram um minuto de silêncio durante jogo no domingo (26).

    O clube também lamentou a morte do atleta em texto na página do time na internet com a #justiciapormatias. 

    O atleta argentino estava no último dia de férias no Rio de Janeiro e antes de chegar registrou nas redes sociais sua vinda para a cidade com os amigos.

    O caso ganhou repercussão na imprensa argentinos. Pelo site, o jornal Clarin trouxe  manchete dizendo que em último dia de férias no Rio, turista argentino morre após confusão em porta de boate.

    Já o La Nacion, destacou que o jovem turista argentino morreu depois de briga com brasileiros em bar de Ipanema.

     

     

     

     

    Tags:
    turistas, morte, agressão, Círculos Unidos, Barzin, Divisão de Homicídios, Matias Carena, Fábio Cardoso, Argentina, Brasil
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik