00:42 08 Dezembro 2019
Ouvir Rádio
    Três consórcios europeus participaram da disputa dos 4 aeroportos. Nenhum grupo brasileiro apresentou proposta

    Grupos europeus vencem leilão de aeroportos brasileiros e governo arrecada R$ 3,72 bi

    Tânia Rêgo/Agência Brasil
    Brasil
    URL curta
    2139
    Nos siga no

    Os aeroportos de Porto Alegre, Salvador, Florianópolis e Fortaleza foram leiloados na manhã desta quinta-feira (16), em São Paulo. Três consórcios europeus venceram a disputa. Nenhum grupo brasileiro apresentou proposta pelos quatro terminais.

    O grupo alemão Fraport vai administrar os aeroportos de Porto Alegre e Fortaleza. O consórcio francês Vinci ficou com o aeroporto de Salvador, e o grupo suíço Zurich com o aeroporto de Florianópolis.

    As ofertas apresentaram um ágio médio de 23% sobre o valor total a ser pago pelas outorgas nos próximos cinco anos. Desta forma o governo vai arrecadar R$ 3,72 bilhões e não o valor esperado de R$ 3,014 bilhões.

    A assinatura do contrato está prevista para 28 de julho, quando o governo federal já vai garantir o recebimento de R$ 1,46 bilhão até o fim do primeiro semestre de 2017, o que representa um ágio de 94% sobre o mínimo estabelecido pelo edital que foi de R$ 753 milhões. Já Agência Nacional de Aviação Civil espera investimentos da ordem de R$ 6,6 bilhões.

    Os quatro terminais respondem por quase 12% dos passageiros que circulam no país.

    As empresas vencedoras da concessão vão ter que investir na ampliação dos terminais, dos pátios de aeronaves e também de estacionamentos. Também faz parte do contrato a revitalização e modernização dos serviços prestados, como internet gratuita de alta velocidade. O prazo de concessão dos editais será de 25 anos para aeroporto de Porto Alegre e 30 anos para os demais.

    O Ministro da Secretaria Geral da Presidência, Moreira Franco participou do leilão na Bovespa e ressaltou que as concessões vão não só melhorar os serviços para os usuários dos aeroportos, mas representa a retomada da credibilidade de investimentos estrangeiros e da recuperação das notas de classificação de risco de crédito, junto as agências de rating, como a Moody´s.

    "Uma disputa muito grande entre os principais operadores aeroportuários do mundo, o que vai contribuir de maneira muito forte para melhorar a prestação de serviços para os brasileiros; os números, não só da inflação, do juros, do aumento da oferta de emprego, uma mudança no rating de uma agência importante de risco, que é a Moody´s. O Brasil saiu do patamar de negativo. Esse conjunto de dados e informações gera uma confiança muito grande de que nós temos que continuar perseguindo esse mesmo caminho para colocar o Brasil nos trilhos."

    Através de suas redes sociais, o presidente Michel Temer afirmou que o resultado do leilão foi um sucesso, mostrando que o Brasil está reconquistando a credibilidade no cenário internacional. O presidente destacou ainda que o leilão teve ágio de R$ 700 milhões de reais, representando segundo Temer, mais um acerto do Programa de Parcerias de Investimento do Governo, o PPI.

     


    Tags:
    Programa de Parcerias de Investimentos (PPI), concessão, aeroportos, leilão, Vinci, Zurich, Fraport, Moody's, Moreira Franco, Michel Temer, Suíça, Alemanha, França, Brasil
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar