18:43 18 Outubro 2021
Ouvir Rádio
    Brasil
    URL curta
    2141
    Nos siga no

    Lula depõe na condição de réu em Brasília e diz que sofre "quase um massacre" com as acusações que vem recebendo.

    O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva depôs pela primeira vez como réu nesta terça-feira (14), em Brasília. Ele é acusado de obstruir a Justiça impedindo a delação premiada do ex-diretor da Petrobrás, Nestor Cerveró. 

    "Estou orgulhoso e prazeroso de estar aqui e contar a versão desse fato. Me ofende profundamente a informação de que o PT é uma organização criminosa", disse.

    Lula negou a acusação de ter "comprado" o silêncio de Cerveró para obstruir um possível acordo de delação no âmbito da Operação Lava Jato.  

    O ex-presidente afirmou que não tem motivos pra temer as declarações do ex-diretor, destacando que quem tinha relações com ele é o ex-senador Delcídio Amaral, que envolveu Lula no caso em sua delação. 

    Lula acrescentou que defende a Lava Jato e disse estar sofrendo "quase um massacre" com as acusações.  

    "Tem gente que acha que sou contra a Lava-Jato, mas pelo contrário, quero que vá fundo para ver se acaba com a corrupção. Sou contra querer fazer pela imprensa e não pelos autos", destacou.

    "Há mais ou menos três anos tenho sido vítima de quase que um massacre", disse Lula, acrescentando que vai "matar de raiva" a imprensa por continuar aparecendo na liderança das pesquisas.

    Mais:

    Candidatura de Lula à presidência esquenta a chapa do cenário político
    Lula confirma presença na Paulista no Dia Nacional de Mobilização
    Meirelles diz a Moro que nunca viu ilegalidade no governo Lula
    Manifesto em defesa da candidatura de Lula pode passar de um milhão de assinaturas
    Tags:
    Brasil, Luiz Inácio Lula da Silva, Delcídio Amaral, PT, Operação Lava Jato, acusação, réu
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar