14:28 19 Setembro 2019
Ouvir Rádio
    Vendedor curtindo o movimento de foliões no Bloco das Carmelitas, no bairro de Santa Teresa, Rio de Janeiro

    Folia garantirá receita de quase R$ 6 bilhões no Brasil

    Tomaz Silva / Agência Brasil
    Brasil
    URL curta
    Folia de 2017 (24)
    310
    Nos siga no

    A festa mais empolgante do Brasil foi inaugurada ontem com a explosão de diversos blocos pelo Brasil e os tradicionais desfiles das escolas de samba, alguns dos eventos mais procurados pelos turistas nesta época do ano. Com tanta folia por aí, a expectativa dos especialistas é a de que o Carnaval movimente quase R$ 6 bilhões em 2017.

    Embora o país ofereça uma série de destinos extremamente atrativos, para todos os gostos, como Salvador (BA), Olinda (PE), Ouro Preto (MG) e São Paulo, o Rio de Janeiro deverá concentrar o maior número de visitantes, cerca de 1,1 milhão, menos do que nos Jogos Olímpicos (1,4 milhão), mas mais do que no Réveillon (865 mil). 

    Segundo a Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC), os dois maiores estados do país devem responder por 68,2% da receita de R$ 5,8 bilhões esperada para o período. Espera-se que o Rio fature algo em torno de R$ 2,4 bilhões e São Paulo, R$ 1,5 bilhão. Minas Gerais (R$ 332,7 milhões), Bahia (R$308,7 milhões), Ceará (R$140,3 milhões) e Pernambuco (R$131,4 milhões) também deverão ter faturamentos expressivos. 

    Os segmentos de transporte, alojamento e alimentação movimentarão a maior parte do dinheiro, cerca de 85%. Em todo o Brasil, os gastos em bares e restaurantes devem ficar em torno de R$ 3,31 bilhões, enquanto o transporte rodoviário responderá por R$ 977,9 milhões e os estabelecimentos que oferecem hospedagem, R$ 652,5 milhões. 

    "O setor de alimentação colabora com expressiva parcela dos gastos do consumidor em todas as épocas que envolvem grandes ocupações na área de turismo", afirmou o presidente do Conselho Empresarial de Turismo e Hospitalidade (Cetur) da CNC, Alexandre Sampaio, citado pelo Portal Brasil

    Como todos os anos, o desfile das escolas de samba do Grupo Especial do Rio de Janeiro será um dos maiores atrativos deste Carnaval. Na noite deste domingo, 26, o público poderá conferir, pela TV ou na própria Marquês de Sapucaí, as apresentações de Paraíso do Tuiuti, Acadêmicos do Grande Rio, Imperatriz Leopoldinense, Unidos de Vila Isabel, Acadêmicos do Salgueiro e Beija-Flor de Nilópolis. Já na segunda-feira, 27, passarão pelo sambódromo União da Ilha do Governador, São Clemente, Mocidade Independente de Padre Miguel, Unidos da Tijuca, Portela e Estação Primeira de Mangueira. 

    Para os que não se interessam muito, ou apenas, pelos desfiles, tanto o Rio quanto os outros estados do país oferecerão diversas opções de diversão nas ruas. Só na capital fluminense, por exemplo, serão 332 blocos oficiais passando pela cidade até a Quarta-feira de Cinzas, além de shows no badalado palco do Boulevard Olímpico, que, em pouco tempo, já se consagrou como um dos principais pontos de encontro e animação da cidade. 

    Em São Paulo, o Carnaval de rua terá palcos no Anhangabaú e no Largo do Batata, além de 154 blocos desfilando pela cidade. Belo Horizonte, Salvador, Recife, Vitória, Fortaleza e outras capitais também terão programações especiais para agradar moradores e os milhares de visitantes empolgados.

    O Carnaval se encerra oficialmente na próxima quarta-feira, 1 de março.

    Tema:
    Folia de 2017 (24)

    Mais:

    Melhores fotos da semana em que Rússia e Brasil se preparam para festejos de Carnaval
    Associações de blocos alertam que Carnaval de rua do Rio está ameaçado em 2018
    'Bloco árabe' pede passagem no carnaval de rua do Rio
    Governo nega permanência das Forças Armadas no Rio para o Carnaval
    Tags:
    Carnaval, CNC, Belo Horizonte, Recife, Pernambuco, Fortaleza, Ceará, Minas Gerais, Bahia, Ouro Preto, Olinda, Salvador, São Paulo, Rio de Janeiro, Brasil
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar