17:04 23 Setembro 2017
Ouvir Rádio
    Segundo relatório, 67 por cento dos presos no Brasil são negros e 56 por cento são jovens

    Penitenciária de Goiás registra 5 mortes após briga de detentos

    Marcos Santos/USP Imagens
    Brasil
    URL curta
    Caos instalado: A crise no sistema penitenciário brasileiro (19)
    1229 0 0

    Cinco detentos morreram e pelo menos 35 ficaram feridos nesta quinta-feira (23) após um tiroteio na Penitenciária Odenir Guimarães (POG), em Aparecida de Goiânia, segundo informaram as polícias Civil e Militar.

    Segundo as autoridades, 8 feridos estão em estado grave.

    Três dos mortos já foram identificados: Thiago César de Souza, conhecido como Thiago Topete, que cumpria pena por tráfico de drogas e era líder de uma quadrilha, William Seixas Silva Barbosa e Alexandre Batista França. Os outros dois ainda precisam ser reconhecidos.

    Segundo afirmou ao G1 o presidente da Associação dos Servidores do Sistema Prisional do Estado de Goiás (Aspego), Jorimar Bastos, não houve rebelião, mas sim um conflito entre os próprios detentos. "Foi uma briga entre as alas A, B e C, mas a situação já está controlada. Não houve insatisfação dos presos, mas um confronto entre eles", disse ele ao portal de notícias.

    A situação já foi controlada, segundo a polícia.


    Tema:
    Caos instalado: A crise no sistema penitenciário brasileiro (19)

    Mais:

    Detentos no Rio Grande do Norte declaram morte ao governador do estado
    Rebelião, incêndio e fuga em massa em penitenciária de Bauru, São Paulo
    Tags:
    briga, crise penitenciária, detentos, mortos, Penitenciária Odenir Guimarães, Goiás
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik