10:17 12 Agosto 2020
Ouvir Rádio
    Brasil
    URL curta
    1772
    Nos siga no

    A Polícia do Espírito Santo vai publicar no Diário Oficial nesta terça, instauração de inquéritos e a demissão de pelo menos 161 policiais que participaram do motim no estado.

    Segundo o órgão, 703 policiais serão investigados. As demissões vão abranger tenentes-coronéis, um capitão da reserva, majores entre outros. Procedimentos administrativos também serão instaurados contra oficiais com menos de 10 anos de serviço.

    A medida vai de encontro ao exigido pelas mulheres dos grevistas, que pedem a anistia a todos os que participaram do movimento. Com isso, a greve pode se prolongar ao longo da semana, embora o policiamento esteja sendo restaurado aos poucos no estado.

    Elas estão dispostas a abrir mão do reajuste salarial de 43%, demanda central do protesto, desde que benefícios como auxílio-fardamento sejam incorporados ao salário dos policiais.

    Mais:

    Espírito Santo: Já é o caos, mas pode piorar
    Calamidade pública: Governo autoriza Forças Armadas no Espírito Santo
    Tags:
    Polícia Militar do Estado do Espírito Santo, Espírito Santo
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar