17:48 22 Setembro 2019
Ouvir Rádio
    Carnapet, carnaval de cachorros agita Brasília

    Em Brasília, um carnaval com pedigree ou não

    Paula Leon/Divulgação
    Brasil
    URL curta
    Folia de 2017 (24)
    0 33
    Nos siga no

    O carnaval de Brasília este ano não vai ser o mesmo. A partir do próximo dia 18, o Cine Drive In vai sediar o Carnapet, um carnaval voltado para cachorros, pets e seus donos. A iniciativa é de Dayane Siqueira da Silva e da empresária Danielle Wolff, fundadoras da ONG It Dog. O espetáculo promete e vai ter até fantasia.

    Dayane conta que a It Dog surgiu em 2016 quando ela e Danielle Wolff, dona de um petshop, tiveram a iniciativa de fazerem o Cine Pipocão no Cine Drive In. A proposta era que as pessoas levassem os cães para assistirem a filmes que tivessem cachorros como temática. Nesse ano, elas tiveram a ideia de realizar o Carnapet, uma vez que perceberam que em Brasília não havia nada específico para os pets nessa data.

    Embora sem a rigidez do julgamento de quesitos das escolas de samba, onde são avaliados os desempenhos de alas, baterias, porta-bandeiras e passistas, a festa vai ter também julgamento quanto à criatividade das fantasias.

    "A gente deixou em aberto que eles possam ir fantasiados junto com o dono, mas não é obrigatório. Vai ter jurado para apontar a melhor fantasia. A procura está bem grande, nas duas páginas (Facebook e Instagram) tem bastante comentário, com as pessoas querendo saber onde compra fantasias, como vai ser. A entrada é a do Cine Drive In normal (R$ 13 a meia e R$ 26 a inteira). Todo mundo que for com o cachorro no carro vai pagar meia", diz Dayane. 

    As fundadoras da It Dog querem aproveitar o evento também com um cunho beneficente.

    Item fantasia conta ponto no Carnapet de Brasília
    Day Siqueira / Arquivo pessoal
    Item fantasia conta ponto no Carnapet de Brasília
     

    "A gente está pedindo para levarem um quilo de ração, pode ser de gato ou de cachorro, caminha que não usa, coleira, remédio. A gente também pede que as pessoas tenham bastante cuidado se levarem outros animais. No Cine Pipocão, teve gato e nenhum problema. Os gatinhos que foram não saíram dos carros por questão de segurança", lembra Dayane.

    Com relação ao trabalho da ONG, Dayane diz que ainda se está caminhando para tornar Brasília uma cidade mais pet friendly. 

    "Aqui eram muito restritos os lugares em que você podia ir com o animal. Agora a gente já tem um shopping que aceita todos os tipos de animais, alguns restaurantes em que a gente consegue ir com cachorro. Nossa busca primordial é tentar achar lugares em que os cães sejam aceitos porque hoje em dia eles são parte da família", conclui.

    Tema:
    Folia de 2017 (24)

    Mais:

    Bem-vindo ao futuro! Cachorros robôs em ação
    Exposição no Rio mostra o misterioso mundo dos Bate-Bolas, os mascarados do Carnaval
    Tags:
    pets, hábitos, ONG, sociedade, carnaval, cultura, Carnapet, ONG It Dog, Danielle Wolff, Dayana da Silva, Brasília
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar