22:03 23 Junho 2018
Ouvir Rádio
    Um agente da Polícia Federal espera no aeroporto do Galeão, no Rio de Janeiro, a chegada do milionário Eike Batista, em 30 de janeiro de 2017

    Milionário Eike chega ao Rio, às mãos da Justiça

    © REUTERS / Ueslei Marcelino
    Brasil
    URL curta
    Ascensão e queda: a prisão de Eike Batista (8)
    2021

    Eike Batista, que já foi considerado o homem mais rico do Brasil, acaba de chegar ao aeroporto Galeão Antônio Carlos Jobim.

    Ele embarcou em Nova York ontem à noite. Considerado como foragido no âmbito da operação Phoenix, desdobramento da Lava Jato, ele deve ser preso na hora da chegada.

    O milionário já foi preso pela Polícia Federal, informa o portal G1.

    Eike Batista era procurado pela Polícia Federal e Ministério Público Federal desde 26 de janeiro em um desdobramento da operação Lava Jato chamada Phoenix. O nome da operação, Fénix em inglês, lembra a lenda da ave que renasce das cinzas.

    A acusação contra Eike é de corrupção ativa. Ele teria passado R$ 52 milhões a Sérgio Cabral, então governador do Rio de Janeiro.

    O empresário aparentemente quis escapar da Justiça viajando aos Estados Unidos. A Alemanha não tem acordo de extradição com o Brasil, e este fato gerou preocupação da Justiça brasileira.

    Contudo, depois o advogado do próprio Eike comentou a situação dizendo que iria voltar ao Brasil para se entregar à Justiça.

    Tema:
    Ascensão e queda: a prisão de Eike Batista (8)

    Mais:

    Defesa de Eike Batista nega acordo de rendição com a Polícia Federal
    PF procura prender ex-homem mais rico do Brasil, mas não o encontra
    Tags:
    Operação Lava Jato, Justiça Federal, Eike Batista, Rio de Janeiro, Brasil
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik