09:48 26 Setembro 2017
Ouvir Rádio
    Presídios superlotados em Manaus

    Força Nacional vai reforçar segurança de prisões em três estados

    Reprodução/Agência Brasil
    Brasil
    URL curta
    3120 0 0

    O Ministério da Justiça autorizou o envio da Força Nacional de Segurança para dar apoio aos estados do Amazonas (AM), Rondônia (RO) e Mato Grosso (MT). A medida atende ao pedido dos governos estaduais para reforçar a segurança no sistema prisional em crise.

    O Governo de Roraima também deve protocolar oficialmente nesta segunda-feira (9) o pedido do envio da Força Nacional de Segurança para o estado, para ajudar a controlar a crise no sistema carcerário, após a morte de 33 detentos na Penitenciária Agrícola Monte Cristo, na zona rural de Boa Vista. Com capacidade para 750 presos, a unidade abriga mais de 1400 presos.

    Após o massacre em Monte Cristo, a justiça de Roraima concedeu prisão domiciliar a 161 detentos do programa semi-aberto do centro de progressão penitenciária. A medida vale até fim dessa semana.

    De acordo com o Ministério da Justiça, o envio da Força Nacional será imediato, em uma tentativa de antecipar uma estratégia para evitar novas rebeliões e mortes, especialmente após novo massacre na madrugada de domingo (8) entre facções rivais na cadeia pública Raimundo Vidas Pessoa, em Manaus, onde quatro detentos foram mortos.

    O governo federal está monitorando ainda a situação nos presídios do Acre, também no Norte do País diante das rebeliões nos estados da região. Ao apresentar o Plano Nacional de Segurança na semana passada, o ministro da Justiça Alexandre de Moraes informou que o Acre será um dos primeiros estados a receber o núcleo de inteligência das polícias.

    Tags:
    detentos, mortes, rebelião, presídios, segurança, reforço, Força Nacional de Segurança, Alexandre de Moraes, Rondônia, Mato Grosso, Roraima, Manaus, Brasil
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik