08:53 19 Fevereiro 2018
Ouvir Rádio
    Dois milhões de pessoas são esperadas para a festa de Réveillon em Copacabana, na Zona Sul do Rio de Janeiro

    Crise não compromete setor hoteleiro durante Réveillon

    Alexandre Macieira/Riotur
    Brasil
    URL curta
    101

    Mesmo com a crise financeira no país, o setor hoteleiro está comemorando o número de ocupações para a festa de Réveillon.

    Na Zona sul do Rio de Janeiro, local que tem uma das festas da virada mais procurada no país, na Praia de Copacabana por exemplo, a Associação Brasileira de Indústria de Hotéis (ABIH) informou que a ocupação dos hotéis já chega a 85% e há quase 80% na Barra da Tijuca, na Zona Oeste da cidade.

    A Secretaria de Estado de Turismo do Rio informou ainda que o interior do Estado também manteve a média de ocupação hoteleira do ano passado, de cerca de 88% dos hotéis ocupados.

    Outras cidades do Estado também contabilizam números favoráveis. Próximo a capital, Niterói, por exemplo, se destaca com 89% da ocupação. Búzios, na Costa do Sol, registra 80% bem como Paraty, na Costa Verde. 

    No Nordeste brasileiro o segmento hoteleiro da cidade de Fortaleza alcançou um índice de contratação de 94% e em Salvador, a expectativa é de um percentual de 96%. Já Recife conta com 88% de ocupação.

    O Ministro do Turismo, Marx Beltrão ressalta a importância do setor para a economia brasileira, que cada vez mais segue na contramão da crise.

    "Isso mostra que o brasileiro continua mesmo em um momento de crise querendo viajar, querendo desfrutar das belezas do nosso país. Com esses dados, nós mostramos que o turismo é um grande negócio e que o turismo pode ser um dos principais propulsores da economia brasileira e da geração de emprego e renda."

    Até o final do verão, o Ministério do Turismo espera um crescimento ainda maior na ocupação dos hotéis na região Nordeste do país. Através de uma nova campanha publicitária chamada "O Verão Chegou, e espera por você no Nordeste", o governo brasileiro mostra  experiências de viajantes em áreas de litoral em um das regiões mais procuradas por brasileiros a lazer. O objetivo da ação é promover destinos que oferecem sol e praia como principal opção, fortalecendo a imagem destes locais para as férias de verão.

    Tags:
    rede hoteleira, réveillon, ocupação, economia, Ministério do Turismo, Marx Beltrão, Nordeste, Rio de Janeiro, Brasil
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik