10:08 16 Agosto 2017
Ouvir Rádio
    Eduardo Saboia

    Itamaraty promove Eduardo Saboia e quase 100 colegas diplomatas

    © AFP 2017/ Evaristo Sá
    Brasil
    URL curta
    543243

    Diplomata ficou conhecido em 2013 por auxiliar na fuga do senador Roger Pinto Molina sem salvo-conduto do governo boliviano.

    Conhecido pela fuga do senador boliviano Roger Pinto Molina em 2013, o diplomata brasileiro Eduardo Saboia acaba de ser promovido a ministro de primeira classe, de acordo com a coluna Radar da Revista VEJA.

    Saboia iniciou no Itamaraty como terceiro secretário em 1990. Depois de passar pelas segunda e primeira secretarias, tornou-se conselheiro por merecimento em 2005. Desde junho de 2009 ocupava o cargo de ministro de segunda classe. Além de exercer o cargo em La Paz, ele atuou em 2010 como assessor do diretor-executivo do Brasil no Fundo Monetário Internacional (FMI). Por proximidade com o senador Aloysio Nunes (PSDB-SP), Saboia vinha servindo como assessor diplomático da Comissão de Relações Exteriores e Defesa Nacional do Senado Federal desde abril do ano passado.

    Na lista dos promovidos para ministro de primeira classe está também o porta-voz da Presidência, Alexandre Parola, além de João Pedro Corrêa Costa, Maria Luisa Escorel de Moraes e Mauricio Carvalho Lyrio. Também foram concedidas promoções a ministro de primeira classe do quadro especial, a ministro de segunda classe, a conselheiro, a primeiro-secretário e a segundo secretário por antiguidade.

    As promoções ocorrem a cada seis meses, de acordo com a lei 11.440/2006 e são oficializadas por Decreto da Presidência. É preciso ter, no mínimo, 20 anos de efetivo exercício, computados a partir da posse em cargo da classe inicial da carreira, dos quais pelo menos 10 anos de serviços prestados no exterior; e três anos de exercício, como titular.

    Mais:

    Greve de servidores do Itamaraty paralisa mais de 60 postos no Brasil e no exterior
    Servidores do Itamaraty dizem que só voltam ao trabalho quando governo negociar reajuste
    Palácio do Planalto e Itamaraty organizam viagens de Michel Temer ao exterior
    Tags:
    Itamaraty, Fundo Monetário Internacional, Revista Veja, Senado Federal, Comissão de Relações Exteriores e Defesa Nacional, Aloysio Nunes, João Pedro Corrêa Costa, Maria Luisa Escorel de Moraes, Mauricio Carvalho Lyrio, Alexandre Parola, Eduardo Saboia, Bolívia, La Paz
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik