02:13 19 Outubro 2018
Ouvir Rádio
    O ex-presidente Lula e sua esposa, Marisa Letícia, durante encontro que marca os 10 anos da Lei Maria da Penha

    MPF faz nova denúncia contra Lula por corrupção passiva e lavagem de dinheiro na Lava Jato

    Heinrich Aikawa/ Instituto Lula
    Brasil
    URL curta
    1046

    A Força-tarefa da Lava Jato denunciou nesta quinta-feira (15) pela segunda vez o ex-presidente Lula por corrupção passiva e lavagem de dinheiro. Lula já é reu na ação que investiga a compra de um apartamento triplex no Guarujá, no litoral de São Paulo, e a armazenagem de bens.

    Os procuradores do Ministério público Federal do Paraná, alegam que Lula recebeu vantagens indevidas em contratos firmados entre a Petrobrás e a construtora Odebrecht, através da compra de um apartamento vizinho ao que mora o ex-presidente, em São Bernardo do Campo (SP), e de um terreno em São Paulo, onde os investigadores acreditam que seria construída a sede do Instituto Lula, porém o projeto não foi adiante. Segundo as investigações da força-tarefa da Lava Jato os gastos com a compra do terreno foram de R$ 12.4 milhões. 

    Os procuradores afirmam ainda que "Lula é apontado como o responsável por comandar uma sofisticada estrutura ilícita para captação de apoio parlamentar", envolvendo o PT, PMDB e PP. Em contrapartida, eram oferecidos cargos públicos e pagamento de propinas. As propinas pagas aos partidos da base do governo petista ultrapassariam a  R$ 75 milhões.

    De acordo com os procuradores, os pagamentos ilícitos correspondem a um porcentual de 2% a 3% dos oito contratos celebrados entre a Petrobras e a Odebrecht S/A.

    A denúncia foi elaborada com base em depoimentos, documentos apreendidos, dados bancários e fiscais bem como outras informações colhidas ao longo da investigação.

    Além do ex-presidente e da ex-primeira dama, Marisa Letícia, também foram denunciadas outras sete pessoas, entre elas o ex-ministro Antônio Palocci Filho,  o advogado de Lula, Roberto Teixeira e o ex-presidente da Odebrecht, Marcelo Odebrecht, que recentemente assinou acordo de delação premiada.


    Tags:
    força-tarefa, denuncia, Operação Lava Jato, MPF, Antônio Palocci Filho, Marisa Letícia, Marcelo Odebrecht, Lula, Brasil
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik