05:57 17 Outubro 2019
Ouvir Rádio
    Vista aérea do Rio de Janeiro com o Cristo Redentor e o Pão de Açúcar

    Paisagem do Rio é Patrimônio Mundial

    Fernando Maia / Riotur
    Brasil
    URL curta
    641
    Nos siga no

    O Rio de Janeiro recebeu da UNESCO o título de Patrimônio Mundial – a primeira Paisagem Cultural Urbana homenageada com esta honraria. A distinção levou o historiador Milton Teixeira a dizer que "o Rio, apesar de nos fazer sofrer, é a mulher linda que nos deixa todos apaixonados".

    O prêmio da UNESCO (o organismo das Nações Unidas para Educação, Ciência e Cultura) para o Rio de Janeiro foi concedido de forma inédita durante cerimônia realizada na tarde da terça-feira, 13, no Centro de Visitação das Paineiras, no Parque Nacional da Tijuca, encravado na cidade.

    Crepúsculo na Baía de Guanabara e Morro do Corcovado
    Tasso Marcelo / Fotos Públicas
    Crepúsculo na Baía de Guanabara e Morro do Corcovado
    undo a UNESCO, o título era concedido somente a locais relacionados a áreas rurais, jardins históricos e outras áreas de cunho simbólico. A cidade do Rio se tornou a primeira área urbana no mundo a ter reconhecido o valor universal de sua paisagem.

    O vice-prefeito do Rio, Adilson Pires, representou o Prefeito Eduardo Paes na cerimônia de premiação. Pires recebeu uma placa e um totem comemorativos enaltecendo a harmonia entre homem e natureza.

    O reconhecimento internacional do Rio de Janeiro pela UNESCO exigiu quatro anos de trabalho conjunto entre representantes da Prefeitura do Rio, do IPHAN (Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional), do Ministério do Meio Ambiente, da Associação de Empreendedores da UNESCO, do Governo do Estado e de parceiros privados.

    Foram criados comitês institucionais e técnicos para elaborar o dossiê da candidatura, que entregou um relatório detalhado à UNESCO em 2014. O documento explica como o patrimônio será preservado. O trabalho garantiu a inscrição oficial do Rio na Lista do Patrimônio Mundial da UNESCO.

    Entre os principais elementos naturais que influenciaram na decisão da qualificação estão o Pão de Açúcar, o Corcovado, a Floresta da Tijuca, o Aterro do Flamengo, o Jardim Botânico e a Praia de Copacabana, além da entrada da Baía de Guanabara. As belezas cariocas incluem o Forte e o Morro do Leme, o Forte de Copacabana e o Arpoador, o Parque do Flamengo e a Enseada de Botafogo, entre outros.

    Praia de Ipanema no auge do verão carioca
    Tomaz Silva - Agência Brasil
    Praia de Ipanema no auge do verão carioca

    Comentando a premiação do Rio de Janeiro pela UNESCO, o historiador Milton Teixeira, fã incondicional da cidade, declarou à Sputnik Brasil:

    "Eu estou muito feliz com esse título para o Rio de Janeiro, reconhecido pela UNESCO como Patrimônio Cultural da Humanidade. Haja vista que o Rio ganhou o título não só pela sua bela paisagem natural como também pela paisagem humana, ou seja, pela interferência da ação do homem na cidade. Em alguns casos, esta ação foi muito positiva, pois hoje ninguém imagina o Corcovado sem o Monumento ao Cristo Redentor nem o Pão de Açúcar sem os seus tradicionais bondinhos. Em alguns lugares, porém, o homem poderia ter sido mais benevolente com o Rio, como é o caso de Copacabana, mas, no geral, a Cidade do Rio continua sendo muito bonita. Mesmo com essa crise e mesmo com esses momentos difíceis que estamos atravessando, o Rio é como aquela mulher linda que nos faz sofrer, mas nós continuamos inteiramente apaixonados por ela."

    Com a escolha do Rio de Janeiro pela UNESCO, as autoridades governamentais deverão enviar anualmente para aquele órgão documentos relativos à conservação dos locais citados por ele. Além disso, graduados funcionários da organização farão visitas periódicas à cidade para avaliar se as informações dos agentes públicos correspondem ao que for informado nos relatórios.     

    O Plano de Gestão do Sítio Rio de Janeiro, Paisagens Cariocas, entre a Montanha e o Mar conta com a contribuição de diferentes agentes do setor público nas esferas federal, estadual e municipal, como também do setor privado e da sociedade civil.

    Tags:
    Copacabana, pão de açúcar, Corcovado, Cristo Redentor, Patrimônio da Humanidade, patrimônio cultural, Iphan, Governo do Estado do Rio de Janeiro, Ministério do Meio Ambiente, UNESCO, Eduardo Paes, Brasil
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar