07:32 12 Novembro 2019
Ouvir Rádio
    Michel Temer e Eduardo Cunha, na Câmara dos Deputados, em Novembro de 2015.

    Sérgio Moro barra quase metade das questões da defesa de Cunha a Temer

    Antonio Cruz/ Agência Brasil
    Brasil
    URL curta
    1312
    Nos siga no

    Ele considerou que parte das questões não tinha pertinência com o objeto da ação penal.

    O juiz federal Sérgio Moro, que atua nos processos da Operação Lava Jato, barrou 21 das 41 perguntas feitas pela defesa do ex-presidente da Câmara Eduardo Cunha (PDMB) para o presidente, Michel Temer.

    Moro considerou parte das questões como inapropriadas ou então sem pertinência com o objeto da ação penal e indeferiu parte delas nesta segunda (28).

    O presidente da República já havia enviado um ofício a Moro para informar que prestará depoimento por escrito.

    Cunha é acusado de receber propina de contrato de exploração de petróleo em Benin, na África e de lavar dinheiro através de contas na Suíça.

    Mais:

    Advogados pedem libertação de Eduardo Cunha no TRF-RS
    Prisão de Eduardo Cunha: Justiça ou estratégia política?
    Após prisão, Justiça Federal bloqueia mais de R$ 220 milhões de Eduardo Cunha
    Eduardo Cunha é preso em Brasília por determinação de Moro
    Eduardo Cunha pretende recorrer à Justiça contra a cassação
    Tags:
    Sérgio Moro, Michel Temer, Eduardo Cunha, Benin, Curitiba, Suíça, Brasília, África
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar