04:08 20 Novembro 2017
Ouvir Rádio
    Lula, ex-presidente do Brasil.

    Moro é acionado por advogados de Lula por abuso de autoridade

    Instituto Lula / Roberto Stuckert
    Brasil
    URL curta
    4711522714

    Os advogados do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva anunciaram nesta sexta-feira terem entrado com uma ação na Justiça contra o juiz federal Sérgio Moro por abuso de autoridade.

    A defesa do ex-presidente pediu punição ao juiz de acordo com a Lei de Abuso de Autoridade (Lei 4.898/65), que prevê diversas penalidades, entre elas prisão de dez dias a seis meses e a demissão do cargo.

    Os advogados alegam que Moro praticou várias irregularidades na condução dos processos que envolvem Lula na Operação Lava Jato, como a decretação da condução coercitiva do ex-presidente, decretação de buscas e apreensões e autorizações de escutas telefônicas consideradas ilegais.

    “Na qualidade de advogados do ex-Presidente Luiz Inácio Lula da Silva, sua esposa e filhos ingressamos na data de hoje (18/11/2016) com queixa-crime subsidiária contra o agente público federal Sérgio Fernando Moro, em virtude da prática de abuso de autoridade”, informou a nota divulgada pelos advogados de Lula.

    Juiz federal Sérgio Moro
    Fabio Rodrigues Pozzebom/ Agência Brasil
    "Após expor todos os fatos que configuram abuso de autoridade, a petição pede que o agente público Sérgio Fernando Moro seja condenado nas penas previstas no artigo 6º. da Lei 4.898/65, que pune o abuso de autoridade com detenção de dez dias a seis meses, além de outras sanções civis e administrativas, inclusive a suspensão do cargo e até mesmo a demissão”, conclui a nota da defesa do ex-presidente. 

    Mais:

    Fuga de Lula? Sem comentários
    'Liderança de Lula em eleição é prova de repúdio popular ao atual governo'
    Lula ainda é favorito para eleições de 2018
    Defesa de Lula pede afastamento de Moro e procuradores do MPF da Lava Jato
    Opiniões: Julgamento é político, mas Lula terá oportunidade de provar inocência
    Tags:
    abuso de autoridade, abuso de poder, Sérgio Moro, Luiz Inácio Lula da Silva, Brasil
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik