03:38 23 Agosto 2019
Ouvir Rádio
    Eduardo Cunha

    Eduardo Cunha é preso em Brasília por determinação de Moro

    © AP Photo/ Andre Penner
    Brasil
    URL curta
    98514

    O juiz Sérgio Moro, responsável pelas investigações da Lava Jato, determinou a prisão preventiva do ex-presidente da Câmara e deputado cassado, Eduardo Cunha (PMDB-RJ).

    Eduardo Cunha foi preso no início da tarde desta quarta-feira (19) pela Polícia Federal em seu apartamento em Brasília. 

    O caráter preventivo da prisão de Cunha (quando há risco de fuga ou interferência nas investigações) significa que o peemedebista está detido por tempo indeterminado. 

    Segundo o Ministério Público Federal (MPF), Cunha representaria risco à instrução do processo e à ordem pública se fosse mantido em liberdade.

    "Há possibilidade concreta de fuga em virtude da disponibilidade de recursos ocultos no exterior e da dupla nacionalidade [brasileira e italiana]", acrescentaram os procuradores.

    Segundo informações da Agência Brasil, A Polícia Federal (PF) confirmou a prisão preventiva e informou que Cunha foi levado imediatamente para o Aeroporto de Brasília para embarcar para Curitiba, onde estão sendo conduzidas as investigações da Operação Lava Jato. 

    Pediro de prisão de Eduardo Cunha
    Reprodução
    Pediro de prisão de Eduardo Cunha

    O presidente da Câmara teve o mandato de deputado federal cassado em setembro, quando o Plenário aprovou, por 450 votos a favor, apenas 10 contra e 9 abstenções, a cassação por quebra de decoro parlamentar.

    Mais:

    Eduardo Cunha pretende recorrer à Justiça contra a cassação
    Eduardo Cunha perde mandato de deputado federal por 450 votos a 10
    Deputados votam perda do mandato de Eduardo Cunha
    Wadih Damous: 'O Brasil espera que Eduardo Cunha tenha o seu mandato cassado'
    Tags:
    Operação Lava Jato, prisão, Sérgio Moro, Eduardo Cunha, Brasília, Brasil
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar