07:11 23 Outubro 2018
Ouvir Rádio
    Manifestação contra a PEC 241 no Centro do Rio de Janeiro, segunda-feira (17)

    PM reprime com violência ato pacífico contra PEC 241 no Rio (VÍDEO)

    © Sputnik / Serguei Monin
    Brasil
    URL curta
    48814

    O protesto realizado no Centro do Rio de Janeiro na última segunda-feira (18) contra o projeto da PEC 241 reuniu mais de 5 mil pessoas na Cinelândia. A manifestação terminou com bombas de gás lacrimogênio, feridos e alguns manifestantes detidos.

    Em registro exclusivo da Sputnik Brasil, foi captado o exato momento em que a manifestação, já em número diminuído de manifestantes, transcorria pacificamente, quando o batalhão da Polícia Militar chegou e dispersou todos os presentes na praça com diversas bombas de gás lacrimogênio.

     

    Em seguida, pessoas correram para se esconder no tradicional restaurante Amarelhinho, onde foram registradas cenas de violência e depredação do estabelecimento.

    "Veio bater no final do ato, não tinha mais nada acontecendo. A galera tava indo embora, vieram só pra bater", afirmou um manifestante indignado.  

    Os manifestantes e clientes do bar reagiram jogando objetos como mesas e cadeira contra os policiais.

    Em 10 de outubro, 366 deputados votaram em Brasília a favor da PEC 241, que prevê teto para os gastos públicos por até 20 anos, incluindo em setores como saúde e educação. 

    Mais:

    (Vídeo) Manifestação contra PEC 241 no Rio foi dispersada violentamente pela polícia
    Oposição reconhece 1ª derrota, mas vai tentar barrar PEC 241 no Senado
    Protesto contra PEC 241: Estudantes ocupam sede da Presidência em SP
    Entenda o que está em jogo para o Brasil com a PEC 241
    Tags:
    PEC 241, violência, manifestação, Polícia Militar, Rio de Janeiro, Brasil
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik