20:24 29 Outubro 2020
Ouvir Rádio
    Brasil
    URL curta
    1043
    Nos siga no

    Confrontos entre facções criminosas em presídios dos estados de Roraima e Rondônia provocaram a morte de pelo menos 18 pessoas nas últimas 24 horas. Segundo a polícia, houve casos de asfixia e decapitação.

    No último domingo, em uma penitenciária da zona rural de Boa Vista (RR), dez detentos pertencentes ao grupo Comando Vermelho (CV) foram mortos em uma briga com membros do Primeiro Comando da Capital (PCC). Vários corpos foram queimados e, de acordo com as autoridades, duas vítimas foram decapitadas.

    A rebelião ocorreu durante o horário de visitas na Penitenciária Agrícola de Monte Cristo, onde cerca de cem familiares dos presos foram tomados como reféns e, mais tarde, liberados por agentes do Batalhão de Operações Especiais (Bope) da Polícia Militar.

    Já na madrugada desta segunda-feira, na Penitenciária Ênio dos Santos Pinheiro, em Porto Velho (RO), outros oito detentos foram mortos e mais de 20 ficaram feridos em mais um enfrentamento entre facções rivais. Segundo as autoridades locais, todas as mortes ocorreram por asfixia em decorrência de um incêndio provocado em uma das celas do presídio. De acordo com o site Rondoniaovivo, o incidente em Rondônia também foi provocado por membros do CV e do PCC.

    Mais:

    Ao menos 200 presos fogem de presídio em Jardinópolis (SP)
    Ceará inova e cria presídio gay
    Tags:
    rebelião, Primeiro Comando da Capital, Comando Vermelho, Boa Vista, Porto Velho, Rondônia, Roraima
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar