18:02 15 Agosto 2018
Ouvir Rádio
    Juan Manuel Santos, ganhador do Prêmio Nobel da Paz 2016

    Senadores acham que Nobel da Paz para Juan Manuel Santos ajudará em acordo com FARC

    Cesar Carrion/SIG
    Brasil
    URL curta
    5 0 0

    Após ser derrotado no plebiscito que rejeitava o acordo com as FARC – Forças Armadas Revolucionárias, o presidente da Colômbia, Juan Manuel Santos foi o vencedor do prêmio Nobel da Paz de 2016.

    Este ano o Comitê do Nobel bateu recorde de indicações, foram 376, sendo 228 pessoas e 148 organizações, e Juan Manuel Santos venceu questões e nomes de peso, como a Defesa Civil da Síria, o Papa Francisco e a chanceler alemã Angela Merkel. 

    Entre os parlamentares brasileiros, o prêmio Nobel da Paz dado ao presidente da Colômbia foi reconhecido como justo.

    Para a senadora,  Vanessa Grazziotin (PC do B-AM), a vitória de Juan Manuel Santos pode ajudar a salvar o acordo de Paz com as FARC, e por um fim a guerra na Colômbia que já dura 52 anos, trazendo como consequência a morte de mais de 250 mil pessoas, além de desalojar outras seis milhões.

    Segundo Vanessa Grazziotin, para conseguir aprovar o acordo, é necessário antes renegociar algumas cláusulas polêmicas como a questão do perdão aos acusados por tortura e estupros.

    "Este prêmio mostra como o presidente acertou no sentido de buscar um acordo de paz com as FARC." 

    O Senador Paulo Paim (PT-RS), também destacou que o Presidente da Colômbia, não pode ser desperdiçar a chance de usar a importância do prêmio para tentar alcançar a paz na região, já que a guerra com as FARC gerou uma crise humanitária de grandes proporções na América Latina.

    "Este momento em que o mundo sinaliza e homenageia o presidente pelo que ele fez, isto vai avançar e fazer com que a conciliação e o entendimento prevaleça à violência."

    Atavés das redes sociais, o presidente Michel Temer também parabenizou o presidente da Colômbia, Juan Manuel Santos pelo Nobel da Paz. Temer disse que é um justo reconhecimento pelos esforços de Juan Manuel Santos em prol da paz.  "Recebemos com grande alegria a notícia da escolha do presidente  Juan Manuel Santos para o Nobel da Paz. É um justo reconhecimento de seus esforços em prol da paz. O prêmio é um orgulho não só para os colombianos, mas para toda a região, disse o presidente via Twitter."

    Além de uma medalha de ouro e um diploma, o presidente da Colômbia recebe ainda como parte da premiação um cheque equivalente a US$ 950 mil, que será entregue no dia 10 de dezembro em Oslo, na Noruega, data de aniversário de morte de Alfred Nobel, criador do prêmio.

    Tags:
    repercussão, Prêmio Nobel, acordo, ajuda, Comitê do Nobel da Paz, FARC, Vanessa Grazziotin, Paulo Paim, Michel Temer, Juan Manuel Santos, Colômbia, Brasil
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik