03:35 21 Agosto 2017
Ouvir Rádio
    Senado Federal

    Senado aprova a redução de ministérios, de 39 para 24

    Ana Volpe/Agência Senado
    Brasil
    URL curta
    1227943

    Sob obstrução dos senadores contrários ao impeachment de Dilma Rousseff, o plenário do Senado aprovou nesta quinta-feira (8) a MP 726, que trata da reforma administrativa do governo, e que tinha prazo para ser votada até hoje, informou Agência Brasil.

    Os senadores petistas e a senadora Vanessa Grazziotin (PCdoB-AM) tentaram barrar a votação da medida e, assim, provocar sua perda de validade por decurso de prazo, mas a base aliada do governo Temer conseguiu manter o quórum e garantir a votação.

    A proposta transforma, incorpora, cria e extingue ministérios, que passaram a ser 24. A MP 728, que também trata da reforma administrativa e foi editada 15 dias depois da MP 726, recriou o Ministério da Cultura, após críticas, protestos de representantes do setor cultural e recusas de vários indicados para assumir a titularidade da pasta, que havia sido extinta e transformada em uma secretaria do Ministério da Educação.

    Senadores dilmistas se queixaram que a MP extinguiu diversos ministérios criados nos governos petistas, especialmente os ligados às áreas sociais como as secretarias especiais dos Direitos Humanos, de Políticas para as Mulheres e da Igualdade Racial. Segundo eles, isso é uma demonstração de que as políticas tocadas por esses ministérios também serão extintas.

    Mais:

    Senado aprova impeachment e Dilma perde mandato
    Ministério da Cultura enxuga programação ao revisar eventos do governo Dilma para Jogos
    Polícia Federal desocupa Ministério da Cultura no Rio e manifestantes denunciam violência
    Estudantes comemoram recriação do Ministério da Cultura, '1ª derrota do Governo Temer'
    Tags:
    ministérios, Senado Federal, Senado, Michel Temer, Brasil
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik