14:43 13 Dezembro 2017
Ouvir Rádio
    Esplanada dos Ministérios, em Brasília, vista em 16 de abril de 2016, com barreira protetiva instalada para separar os manifestantes pró e contra Dilma Rousseff

    De dentro do carro, Temer abre seu primeiro evento como presidente

    © AFP 2017/ BETO BARATA
    Brasil
    URL curta
    1116

    Depois de uma semana no poder como presidente do Brasil, Michel Temer abriu nesta quarta-feira (7) o desfile do Dia da Independência na Esplanada dos Ministérios, na capital nacional.

    De acordo com fontes citadas pelo Globo, o desfile custou 1,1 milhão de reais. O evento conta com cerca de 1,2 mil civis e 3,3 mil militares. No total, 20 entidades públicas e órgãos estatais estão envolvidos na realização do evento.

    O Globo informa que não houve anúncio prévio de nenhum grupo sobre manifestações contra o evento ou contra a presença de Temer nele; contudo, os protestos eram de esperar, por causa da tensão política após o impeachment de Dilma Rousseff.

    Assim, um grupo de manifestantes gritou "Fora, Temer" quando o presidente apareceu, no seu carro fechado, na Esplanada. Houve também quem gritou "Golpista".

    O portal de notícias da UOL cita também um segurança dizendo que vai retirar das arquibancadas quem tentar organizar uma manifestação.

    Michel Temer voltou ontem da China, onde participou da cúpula do G20. Durante a visita, ele tratou também do assunto dos BRICS, grupo informal composto pelo Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul. Neste ano, o grupo é presidido pela Índia, que sediará uma cúpula em outubro.

    No entanto, o desfile de 7 de setembro é o primeiro evento público nacional em que Temer participa como presidente da nação. em vez do Rolls Royce, usado por Dilma, ele optou para fazer a revista das tropas em um carro fechado.

    Mais:

    Manifestantes acampam em Brasília para protestar contra impeachment
    Tribunal Internacional vai a Brasília prestar solidariedade a Dilma
    Brasília fica com menos uma embaixada
    Manifestação em Brasília contra Temer tomou Esplanada dos Ministérios
    Tags:
    feriado, Michel Temer, Brasília, Brasil
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik